Gazeta Esportiva

Conselho do Santos aprova parceria com WTorre para construir nova Vila Belmiro

São Paulo, SP

01/12/22 | 23:29 - 01/12/22 | 23:59

O Conselho Deliberativo do Santos aprovou, nesta quinta-feira, a constituição de uma parceria com a empresa WTorre para a construção da Arena Vila Belmiro. Visando ampliar a capacidade de seu estádio para cerca de 30 mil torcedores, os conselheiros decidiram por meio de votação híbrida, com votos presenciais e digitais.

Com a aprovação do conselho, o projeto passa, agora, para um nova votação, aberta aos sócios do clube, prevista para o dia 17 de dezembro. Em caso de novo resultado positivo, a WTorre partirá para a captação dos recursos, o que pode envolver, inclusive, a venda antecipada de cadeiras cativas e camarotes.

A ideia do projeto não envolve, como especulado em outros momentos, uma mudança de endereço. Trata-se, assim, de uma nova arena construída no lugar da Vila Belmiro.

A WTorre é a mesma empresa que participou da construção do Allianz Parque, estádio do rival Palmeiras. O modelo de parceria proposto é o mesmo, com a construtora arcando com os custos da construção, mas mantendo direitos econômicos relativos à arena nos primeiros anos após a inauguração.

Diante do período de captação de recursos, uma possível data para o início das construções é no segundo semestre de 2023. Assim, o Peixe deve jogar no Canindé, estádio da Portuguesa, até as obras serem concluídas.

Atualmente, a Vila Belmiro tem capacidade para cerca de 16 mil torcedores. A mudança, portanto, quase dobraria o número de torcedores que poderiam comparecer aos jogos dentro de casa.

Em 2022, o Santos realizou 31 partidas como mandante, nas quais somou 14 vitórias, nove empates e oito derrotas, com 54,8% de aproveitamento. Ao todo, foram 46 gols marcados e 33 sofridos.

Deixe seu comentário