Com Sánchez lesionado, Carabajal já pode ganhar espaço entre os titulares do Santos

São Paulo, SP

17/08/22 | 08:00

Carlos Sánchez terá a sua sequência entre os titulares interrompida. Titular nos últimos quatro jogos, o meia teve constatada uma lesão muscular na coxa esquerda nesta terça-feira e, com isso, ficará de fora do clássico contra o São Paulo. Dessa forma, quem pode ganhar espaço entre os titulares é Gabriel Carabajal.

Contratado na última sexta-feira, o atleta de 30 anos chega justamente para aumentar o leque de opções de Lisca. O comandante está encontrando dificuldades para acertar o meio de campo. O time vem sofrendo para agredir os adversários durante as partidas e isso se deve, principalmente, a falta de um meia mais criativo.

Carabajal é um meio-campista habilidoso, com potencial para construir jogadas. O argentino costuma pegar a bola na faixa central do campo e logo acionar os atacante com passes rápidos e verticais.

Ele, aliás, tem a tendência de cair bastante pela esquerda durante os embates. Quando recebe com liberdade na intermediária, o jogador não costuma ter medo de arriscar. Por ser destro e aparecer com frequência na esquerda, ele carrega a bola um pouco mais para o meio e bate para o gol com o pé direito.

''O Carabajal é um cara que se encaixa bem no nosso modelo de jogo, joga em um tripé, está acostumado a articulações. Tem chutes de média distância. Se você olhar seus lances e suas características, tem bolas enfiadas e construção'', analisou Lisca.

Nesta terça-feira, o meia foi testado justamente como esse homem mais avançado no meio de campo do Santos durante um jogo-treino contra o time sub-20. Ele formou um trio com Camacho e Sandry, que devem dar lugar a Rodrigo Fernandes e Vinícius Zanocelo, que estavam fazendo um trabalho regenerativo.

Um ponto positivo para Carabajal é que ele está em condições de jogar. Ele entrou em campo pela última vez no dia 30 de julho. Nesta temporada, ele já soma 29 partidas, três gols e duas assistências.


Outra opção para Lisca é colocar Luan na vaga de Sánchez. Na derrota de 1 a 0 para o América-MG, o técnico fez justamente essa alteração quando o uruguaio pediu para sair devido as dores. Na ocasião, Carabajal ainda não estava à disposição.

Além dos reforços, outras alternativas são Camacho e Sandry, que já estão entrosados com o elenco. O treinador terá mais quatro sessões de treinamentos para definir o seu time titular. O Santos encara o São Paulo no domingo, às 18 horas (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Brasileirão.

Deixe seu comentário