Com renovação distante, Sandry treina pela equipe sub-17 do Santos

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

10-04-2019 12:00:57

A situação contratual de Sandry parece cada vez mais complicada no Santos. Seu vínculo de formação vai até 30 de novembro e não há negociação atual pelo primeiro acordo profissional.

Depois de iniciar a temporada no elenco principal e ter duas oportunidades sob o comando de Jorge Sampaoli, o meio-campista agora treina pela equipe sub-17.

"Eles têm todo direito de fazer o que quiserem, pode até colocar o garoto para jogar no sub-11. Mas não pode esquecer que só até novembro", disse Carlos, pai de Sandry, à Gazeta Esportiva. 

Nos últimos dias, a diretoria santista não procurou os representantes de Sandry para negociar. Em entrevista há uma semana, o presidente José Carlos Peres comentou a situação.

“É um jogador que estamos negociando, pais vieram com proposta absurda e não vai sair negócio assim. Contrato de formação dá R$ 80 milhões para sair. Comunicamos a CBF também, não há mais prazo pois não respondeu nossa proposta. Contraproposta não pode ser alta pois existe uma regulamentação da CBF”, explicou.

Os pais de Sandry negam ter pedido alta e alegam não ter conversado pessoalmente com o presidente, apenas com o gerente da base, Marco Maturana.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?