Gazeta Esportiva

Aposta do Santos para a temporada, Lisca reencontra América-MG pela primeira vez

São Paulo, SP

13/08/22 | 08:00

Depois de vencer o Coritiba, o Santos vai em busca da sua segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro neste domingo. Desta vez, o desafio é contra o América-MG. E o duelo, válido pela 22ª rodada do torneio, promete ser especial para o técnico Lisca.

Isso porque o técnico irá se reencontrar com o clube mineiro pela primeira vez após deixar a equipe em junho de 2021. Ao todo, foram 82 partidas no banco de reservas do Coelho, com 40 vitórias, 27 empates e 15 derrotas, gerando um aproveitamento de 60,4%.

Esse, aliás, foi um dos trabalhos de mais destaque de Lisca até o momento. Ele assumiu o América no dia 30 de janeiro de 2020. Em pouco mais de um ano, ele conquistou resultados expressivos. O grande feito foi levar o clube até a semifinal da Copa do Brasil pela primeira vez na história.

Além disso, ele foi vice-campeão da Série B do Brasileirão de 2020 e do Campeonato Mineiro de 2021. Emocionado, ele se despediu no dia 14 de junho.

"Momento difícil para mim. Primeiramente, quero agradecer ao presidente Marcus Salum pela oportunidade que ele me deu há um ano e quatro meses, quando pouca gente estava acreditando. A gente fez um grande trabalho, peço desculpas porque é difícil você sair de um clube como América, o ambiente que a gente tem, o respeito que todos têm com meu trabalho e com minha pessoa. Torcida, faltou pouco para a gente ser campeão, tanto da Copa do Brasil, Série B, Mineiro, mas conseguimos levar o nome do América muito alto", disse na época.

Mais de um ano depois, Lisca segue com muito carinho pelo ex-time. Após a vitória de 2 a 1 sobre o Coritiba, na última segunda-feira, o treinador falou sobre o reencontro.

“É um clube que eu tenho um carinho enorme, tenho uma história linda lá. Junto com os jogadores, a diretoria e a torcida, mudamos o clube de patamar. O América saiu da Série B e foi semifinalista da Copa do Brasil. Fez uma grande Série A e entrou na Libertadores. As pessoas ainda não se deram conta, mas o futebol está muito mudado. Os times organizados e cumpridores estão crescendo", comentou.

No jogo deste domingo, ele ainda irá se reencontrar Matheus Cavichioli, Lucas Kal, Marlon, Patric, Juninho, Alê e Felipe Azevedo. Todos chegaram a jogar com o técnico no clube mineiro.

América-MG e Santos se enfrentam a partir das 18 horas (de Brasília), na Arena Independência, pela 22ª rodada do Brasileirão. O jogo é um confronto direto, já que o Peixe tem 30 pontos, na nona colocação, e o Coelho tem 27, em décimo.

Deixe seu comentário