Ângelo celebra retorno ao time titular do Santos e fala sobre pressão da torcida

Rodrigo Matuck - São Paulo,SP

26/06/22 | 08:00 - 26/06/22 | 01:53

Depois de dois meses, Ângelo voltou a fazer parte do time titular do Santos. O garoto atuou cerca de 65 minutos no empate de 0 a 0 com o Corinthians, na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após o jogo, o atacante celebrou o seu retorno aos 11 iniciais e destacou que está respeitando o cronograma do clube para que ele não volte a sentir mais lesões. O Menino da Vila está retornando aos poucos ao time após sofrer uma contusão muscular na coxa direita no dia 28 de abril.

"Muito feliz. Estava triste esse tempo que fiquei parado. Poder voltar a ser titular é muito importante para mim. Tudo está sendo programado certinho para que eu tenha continuidade e evolua cada vez mais. Vai ser gradativo. Tudo está sendo programado para que eu não volte a sofrer lesões", disse.

"Eu sempre falei pro Bustos que estou preparado, não importa qual jogo. É tudo uma programação. O Bustos e a fisiologia estão super certos. É tudo para que eu continue evoluindo. É seguir trabalhando", acrescentou.

Ângelo ainda comentou sobre a pressão que ronda o Peixe. Após a derrota de 4 a 0 para o Timão, pela Copa do Brasil, torcedores foram até o hotel em que os jogadores estavam para protestar.


"Quando você veste a camisa do maior clube do mundo, onde jogou Pelé, Neymar e Rodrygo, você tem que estar disposto a sofrer essa pressão e jogar futebol. Foi um momento muito difícil. Passei por isso também quando brigamos para não cair no Paulistão. Estou preparado", contou.

"Se você está jogando no Santos, tem que estar preparado para tudo. Ontem foi um dia infeliz, onde a torcida cobrou e fez o papel dela. Estão super certos em ter cobrado porque a gente não pode fazer o que fez aqui na Arena", finalizou.

O Santos volta a campo agora na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), quando visita o Deportivo Táchira-VEN, pela partida de ida das oitavas de final da Sul-Americana.

Deixe seu comentário