Futebol/Bastidores

Portuguesa tem pedido negado, e leilão do Canindé é mantido

*Pedro Petrachini - São Paulo , SP
17/11/2016 21:55:07

Em: Bastidores, Futebol, Portuguesa

A Portuguesa teve seu pedido negado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-2ª Região) de São Paulo, e, neste momento, o leilão do Canindé está mantido para esta sexta-feira.

O advogado que representa a Lusa, Mauricio de Figueiredo Corrêa da Veiga, confirmou, em contato com a Gazeta Esportiva, que a ação do clube não avançou, mas garantiu que a Portuguesa ainda mantém esperanças de manter o estádio.

Canindé vai a leilão nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)
Canindé vai a leilão nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)

“Mesmo que haja o leilão, nós podemos entrar com um pedido de embargo após o arremate”, explicou o advogado, que também explicou a situação do pedido de suspensão do leilão: “O juiz que analisou o caso não negou o argumento do clube, só entendeu que não poderia mudar agora”.

Para entrar com o pedido de anulação, o argumento usado por Figueiredo havia sido o de que não havia certeza sobre o valor do Canindé. “Antes do leilão é preciso ter certeza do valor de avaliação do imóvel”, afirmou o advogado.

O lance inicial, definido pela Justiça, para o arremate do local é de R$ 74 milhões, mas a Lusa argumenta que o verdadeiro preço é de R$ 360.990.190,10. Por isso, o clube utilizou o argumento para tentar impedir o leilão nesta sexta-feira.

A Portuguesa vive grave crise, que fez o time cair para a Série D do Campeonato Brasileiro, após má campanha na terceira divisão em 2016. No Paulista, a equipe também está fora da elite.

*Especial para a Gazeta Esportiva