Rescisão de Renan com Palmeiras aparece no BID

São Paulo, SP

17/08/22 | 21:08 - 17/08/22 | 21:10

Nesta quarta-feira, a rescisão do zagueiro Renan com o Palmeiras foi publicada no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O defensor de apenas 20 anos responde por homicídio culposo depois de matar atropelado um motociclista.

Formado nas categorias de base do Verdão, Renan estava emprestado ao Red Bull Bragantino. No início de agosto, os dois clubes já haviam formalizado a rescisão do contrato do jogador, que não havia assinado o documento.

A quebra de contrato com a equipe do interior foi registrada no BID ainda na última segunda-feira, no início da semana. Nesta quinta-feira, foi a vez de aparecer no sistema da CBF a rescisão com o Palmeiras.

Rescisão de Renan apareceu no BID da CBF (Foto: Reprodução)

No dia 22 de julho, Renan colidiu o seu carro em alta velocidade com o motociclista Eliezer Pena, de 38 anos, que deixou a esposa e duas filhas. O jogador dirigia com a sua carteira de habilitação suspensa. O atleta foi detido pela polícia e, após pagar fiança no valor de R$ 242 mil, responde agora em liberdade por homicídio culposo.

Foi determinado ainda que o jogador compareça em todos os atos do processo. Renan também foi proibido de frequentar bares e casas de show e teve que entregar seu passaporte à Polícia Federal.


A família de Eliezer Pena foi convidada pelo Palmeiras e compareceu ao Allianz Parque na vitória da equipe por 3 a 0 sobre o Goiás. Após o apito final, a esposa Isabela Seballo e as duas filhas da vítima visitaram o vestiário onde conheceram o goleiro Weverton, o meia Raphael Veiga, o atacante Dudu e o técnico Abel Ferreira.

Renan era avaliado até então como uma das grandes promessas das categorias de base do Palmeiras. Ele chegou a disputar 41 partidas pelo clube na temporada passada, mas foi emprestado ao Red Bull Bragantino em abril deste ano.

Deixe seu comentário