Marcos Rocha admite oscilação do Palmeiras e pede atenção contra o Cerro Porteño

São Paulo, SP

05/07/22 | 16:28

Depois de 19 jogos de invencibilidade, o Palmeiras soma duas derrotas, um empate e uma vitória nas últimas quatro partidas. No último final de semana, a equipe acabou superada pelo Athletico-PR, em pleno Allianz Parque, e viu a vantagem na liderança da competição diminuir. Depois do treino desta terça-feira, o experiente lateral-direito Marcos Rocha admitiu que a equipe pode sofrer oscilações pelo cansaço físico.

“Estamos disputando três grandes campeonatos e brigando por todos. Uma hora ou outra o cansaço vai bater e podemos oscilar, mas sabemos o quanto o nosso trabalho é positivo dentro e fora do clube, com o reconhecimento do nosso torcedor, que está lotando o estádio. Junta viagem, cansaço, jogador voltando de lesão não apresenta o mesmo rendimento que apresentava nos jogos anteriores. Precisa de um pouco de paciência para que esses jogadores possam reencontrar novamente a melhor condição técnica e física”, declarou o jogador.

Apesar da oscilação no desempenho e em alguns resultados, Marcos Rocha garantiu que o elenco não deixa de se comprometer na partida. Ele ainda valorizou o apoio da torcida palmeirense, que compareceu em bons números nos últimos jogos no Allianz Parque.

“Temos um grupo especial, com jogadores jovens e trabalhadores, e todos nós queremos algo a mais com a camisa do Palmeiras. Todo mundo quer ganhar ainda mais neste ano. Contamos com o apoio dos torcedores, que eles continuem acreditando porque sabemos que juntos já conseguimos algo especial que hoje relembramos e vibramos quando falamos das nossas histórias”


Atenção contra o Cerro Porteño

O resultado negativo do último final de semana ficou para trás, e o foco volta do elenco palmeirense volta a ser a Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, o Verdão recebe o Cerro Porteño pelo jogo de volta das oitavas de final da competição. Na ida, a equipe de Abel Ferreira venceu por 3 a 0.

Mesmo com a vantagem confortável conquistada em solo paraguaio, Marcos Rocha pediu atenção à equipe para o duelo dentro de casa, com o apoio da torcida.

“Jogo de Libertadores não pode cochilar, não pode dar mole. Eles vão vir para tentar buscar um resultado positivo, provavelmente vão vir com uma formação diferente. Vimos que no final do jogo colocaram dois centroavantes que dificultaram a nossa bola aérea. É ter bastante atenção, tenho certeza de que o Abel e sua comissão estão preparando surpresas para que possamos fazer um grande jogo e passar de fase”, analisou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Depois de ser poupado na derrota para o Athletico-PR, Marcos Rocha deve voltar ao time titular nesta quarta-feira. A bola rola a partir das 19h15 (de Brasília). O Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença para levar a vaga no tempo normal. Caso avance, o Verdão pega o vencedor de Atlético-MG x Emelec.

Deixe seu comentário