Van Gaal revela mágoa com Manchester United: "me senti traído"

São Paulo, SP

03-06-2019 12:07:25

Louis Van Gaal deixou o comando técnico do Manchester United em 2016, mas ainda não esqueceu a saída conturbada do clube, que ocorreu apenas dois dias depois da conquista da Copa da Inglaterra.

Em entrevista ao The Guardian, o treinador holandês revelou uma mágoa com o clube, que já negociava com José Mourinho antes mesmo da demissão de Van Gaal.

"Naquele momento me senti traído. Eu me senti traído porque o que eu ouço de muitas pessoas é que já estava decidido em dezembro, janeiro. Eu falava toda semana com Woodward (vice-presidente executivo). Depois de três péssimas derrotas em dezembro, quando também saímos da Liga dos Campeões, falei com ele e disse: 'Entendo que você me demitiu'. Em um clube como o Manchester United, você não pode perder três vezes seguidas. Então ele disse: 'Não, nunca. Eu nunca te demitirei. Acredite em si mesmo. Não leia os jornais'. Acho que então você pode se sentir traído, mas agora eu posso entender melhor, porque ele sabia que no ano seguinte eu diria adeus. Mourinho estava no mercado. Ele também é um ótimo técnico e Woodward acha que ele garantiu um nível de liderança ao Manchester United por anos", disse.

Além disso, o treinador tentou explicar o mau momento do Manchester United, que nas últimas temporadas coleciona decepções tanto no Campeonato Inglês quanto na Liga dos Campeões.

"O problema começa, claro, com o fato de que o Manchester United nunca é atualizado. Eu acho que quando você é um cartola, você precisa atualizar todos os anos para manter o processo de formação de equipe", completou.

Deixe seu comentário