Manchester United oficializa demissão do técnico José Mourinho

São Paulo , SP
18/12/2018 08:41:42 — 18/12/2018 08:45:17

Em: Futebol, Futebol Inglês, Manchester United

O técnico português José Mourinho não é mais o treinador do Manchester United. Nesta terça-feira o clube inglês utilizou as suas redes sociais para confirmar a demissão do comandante de 55 anos. Dessa forma o trabalho que vinha sendo desenvolvido nas últimas duas temporadas e meia, mas trouxe resultados modestos.

“O Manchester United anuncia que o técnico Jose Mourinho deixou o clube com efeito imediato. O clube gostaria de agradecer Jose por seu trabalho durante seu tempo no Manchester United e o deseja sucesso no futuro. Um técnico interino será anunciado até o fim desta temporada, enquanto o clube conduz um processo de seleção para um novo treinador”, declarou o time no seu comunicado.

José Mourinho ficou dois anos e meio no Manchester United (Foto: Oli Scarff/AFP)

Contratado em 2016 para colocar um ponto final no troca de treinadores após a aposentadoria de Alex Ferguson, o treinador português conquistou três títulos pelos Diabos Vermelhos: a Liga Europa de 2016/17, a Copa da Liga Inglesa da mesma temporada e a Supercopa da Inglaterra de 2016. O contrato do técnico com o clube inglês iria até a metade de 2020.

A demissão de Mourinho acontece pouco dias depois de sua equipe ser derrotada para o seu principal rival, o Liverpool, por 3 a 1. Além de um resultado ruim, a partida ficou marcada por mais uma fraquíssima atuação dos Diabos Vermelhos, que sofreram 36 finalizações enquanto conseguiu criar apenas seis chances.

O duelo do último final de semana simbolizou bem a temporada que vinha sendo feita pelo Manchester United. O time ocupa apenas a sexta colocação do Campeonato Inglês, com apenas 26 pontos conquistados. Para piorar, o clube possui uma das piores defesas da competição, além de diversos problemas de relacionamento de atletas do elenco com o ex-treinador, como o francês Pogba,

Para a sequência da temporada, o clube espera contratar um técnico o mais rápido possível. Durante este período sem ter esse próximo comandante oficializado, o clube aposta em Michael Carrick, ex-jogador da equipe recentemente aposentado, como interino.