Liverpool cede empate ao West Ham e vê Manchester City a três pontos

São Paulo , SP
04/02/2019 19:50:37 — 04/02/2019 22:09:57

Em: Futebol Inglês, Liverpool, West Ham
O centroavante brasileiro Roberto Firmino não conseguiu evitar o empate em Londres (Foto: Glyn Kirk/AFP)

A 25ª rodada do Campeonato Inglês foi encerrada durante a noite desta segunda-feira. Em Londres, com um gol irregular, o Liverpool chegou a sair na frente, mas cedeu o empate por 1 a 1 ao West Ham e viu sua vantagem na liderança do torneio nacional diminuir.

Com 62 pontos, o Liverpool permanece instalado na primeira colocação do Campeonato Inglês. O Manchester City, que bateu o Arsenal no domingo, contabiliza 59 pontos e figura no segundo posto. O West Ham, por sua vez, soma 32 pontos e detém a 12ª posição.

Pela 26ª rodada do Campeonato Inglês, o Liverpool volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Bournemouth, em Anfield. No mesmo dia, o West Ham tem como adversário o Crystal Palace, clube ameaçado pelo rebaixamento, no Selhurst Park.

O primeiro gol da partida disputada nesta segunda-feira saiu aos 21 minutos, de maneira irregular. Em posição de impedimento, Milner recebeu de Lalana pelo lado direito e cruzou rasteiro. Mané dominou dentro da área, girou em cima da marcação e finalizou com sucesso.

O West Ham conseguiu igualar o marcador aos 27 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de falta ensaiada, o brasileiro Felipe Anderson deu belo passe para Antonio, que recebeu na área e chutou cruzado para acertar o canto direito do goleiro Alisson.

O segundo tempo não teve muitas oportunidades de gol em Londres. Em sua chegada mais consistente ao campo de ataque, o West Ham quase alcançou a virada. Após cruzamento da esquerda, Felipe Anderson brigou pela bola e ela sobrou para chute por cima de Noble.

Precisando do resultado para se distanciar do Manchester City, o Liverpool tentou pressionar o West Ham, mas sofreu para furar a defesa adversária. Nos acréscimos, em posição de impedimento, Origi foi lançado por Keita, dominou e chutou para a última defesa de Fabianski.