Melo afirma que pressão é normal: “Quem não quer, não pode estar aqui”

Do correspondente Eduardo Bertuol - Porto Alegre,RS

24-06-2017 19:41:26

Após a vitória colorada contra o Brasil-PEL por 1 a 0, no Estádio Bento Freitas, pela 10ª rodada da Série B, o grupo do Internacional tirou um peso das costas de pressão e começou a criar um ambiente tranquilo para as próximas partidas, as duas seguintes serão no Estádio Beira-Rio. Mesmo assim, os jogadores do Internacional deixaram o gramado sem falar com a imprensa.

O resultado deu novos rumos ao time, que sofreu uma semana turbulenta e agora é o melhor visitante da Segunda Divisão. O colorado possui 11 pontos em seis jogos, com três vitórias, dois empates e apenas uma derrota. O vice-presidente de futebol do Internacional, Roberto Melo, destacou os últimos números colorados. “Já são três partidas sem levar gols, isto não acontecia desde maio do ano passado. Então, temos que valorizar isso e manter esse espírito. E no Beira-Rio melhorar o nosso desempenho”, afirmou o dirigente.

Atuando em casa, o Inter é o 5º pior mandante do torneio com três empates e uma vitória, contra o lanterna Náutico. O dirigente disse também que a pressão da semana é algo normal quando o clube não apresenta o futebol esperado. “É normal clube grande sofrer pressão. Quem não quer pressão não pode estar aqui. A gente realmente não teve bom desempenho nos jogos”, avaliou.

A semana será de foco total. A direção do clube vai aproveitar a semana inteira de treinos para realizar uma mini pré-temporada em um resort em Viamão, cidade vizinha da capital Porto Alegre. Melo acredita que isto vai colaborar para o desenvolvimento do trabalho do treinador. “O que nos dá convicção do nosso desempenho melhorar são essas duas semanas de trabalho, sem viagem. O Guto vai conseguir passar suas ideias na prática dentro de campo e melhorar o desempenho”, ressaltou. O técnico Guto Ferreira está invicto no comando colorado. São 7 jogos, com 4 empates e três vitórias.

Deixe seu comentário