Futebol/Copa do Mundo

Southgate promete poucas mudanças e Inglaterra motivada para 3º lugar

São Paulo , SP
13/07/2018 11:34:24 — 13/07/2018 12:24:22

Em: Copa do Mundo, Escolha do editor, Futebol, Futebol Internacional, Inglaterra

Para muitos, o terceiro lugar da Copa do Mundo não representa uma grande conquista ou sequer um feito a ser exaltado. Porém, esse não é o caso da seleção da Inglaterra. Considerado um franco atirador desde o início, o time comandado por Gareth Southgate superou as expectativas e, mesmo derrotado na semifinal, tentará fazer valer o prêmio que será disputado no próximo sábado, em São Petersburgo.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o treinador do English Team não deixou de lamentar a derrota da última quarta-feira e assumiu o abatimento que ronda o vestiário, mas valorizou a disputa de terceiro lugar contra a Bélgica e reiterou o comprometimento ressaltando que só irá promover mudanças em relação aos atletas que não possuem condições físicas de atuar.

Southgate exaltou a campanha de sua seleção na Copa da Rússia (Foto: GIUSEPPE CACACE/AFP)

“Vamos decidir que pode entrar. Fisicamente é importante todos estarem bem. Claro que todo mundo quer jogar, mas não é sempre uma boa decisão entrar sem a energia correta. Não vai ser o mesmo time que começou antes, mas queremos fazer o mínimo de mudanças possíveis. Uma ou duas lesões, uma ou duas necessidades. Queremos ter uma grande performance e conquistar uma medalha”, disse Southgate.

Entre as mudanças que devem ser promovidas na equipe titular estão a entrada de Alexander-Arnold na vaga de Trippier, que deixou a semifinal lesionado, e as possíveis saídas de Henderson e Walker, muito desgastados com a sequência de jogos. Para seus lugares, devem entrar Dier e Cahill, respectivamente.

Questionado sobre o potencial da seleção da Bélgica, equipe que a Inglaterra já enfrentou na fase de grupos e saiu derrotada, o comandante revelou não temer e nem ter medo. Além disso, de forma bem-humorada, admitiu ser a chance de revanche, dessa vez valendo medalha.

“Não tenho medo de nada, nem do Lobo Mau. A Bélgica ganhou de nós, então queremos devolver isso”, ressaltou. “Queremos melhorar a cada jogo. As expectativas eram baixas quando chegamos aqui, a pressão não era grande, mas elevamos as expectativas. Aumentamos a alegria dos jogadores de defender a Inglaterra. Eles têm agora uma conexão com o país, com a torcida”, afirmou Southgate.

Ads – Rodapé Posts