Futebol/

Grêmio perde, entra na degola e segue sem vencer no Gaúcho

Do correspondente Eduardo Bertuol - Porto Alegre , RS
24/01/2018 21:28:38 — 25/01/2018 01:03:42

Em: Campeonato Gaúcho, Futebol, Grêmio, Região Sul

O grupo de transição do Grêmio segue sem vencer no Gauchão. No duelo de abertura da terceira rodada do Campeonato Gaúcho contra o Avenida, o time da capital gaúcha perdeu por 3 a 2, de virada, no estádio Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul. Os gols da partida foram marcado por Jean Pyerre e Paulo Miranda, para o Grêmio, e Luis Henrique, Marques e Toto, para o Avenida.

Com o resultado, o Tricolor de Porto Alegre segue com apenas um ponto e entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Gaúcho. Já o Periquito consegue a primeira vitória na competição, alcança quatro pontos na tabela e entra na zona de classificação para a próxima fase.

Ao contrário do que muitos imaginavam, o técnico César Bueno optou por iniciar a partida com os reforços Alisson, Thonny Anderson e Thaciano no banco de reservas. A novidade foi o retorno do zagueiro Paulo Miranda, que estava suspenso devido a um cartão vermelho na partida de estreia. Além dele, o lateral-direito Madson também começou o duelo como titular.

Primeiro tempo

Tricolor volta a sofrer revez com time misto (Foto: Lucas Uebel/ GFBPA)

A primeira chance de gol da partida foi do Grêmio. Logo aos três minutos, após cobrança de escanteio, a bola foi afastada e sobrou na entrada da área para o volante Jean Pyerre. O jogador concluiu forte rasteiro e o goleiro Rodrigo se atirou para fazer grande defesa e mandar para escanteio.

Dez minutos depois, o atacante Isaque foi acionado pela esquerda, o goleiro Rodrigo saiu de gol e o gremista tentou por cobertura. Contudo, o arqueiro do Periquito, atento, fez outra boa defesa, em dois tempos, e evitou o gol do Tricolor.

Depois de arrancada de Madson, pela esquerda, aos 15 minutos. O lateral saiu do campo de defesa e chegou na área adversária carregando a bola. Porém, o chute saiu prensado com a marcação e saiu para escanteio.

Aos 19 minutos, Madson experimentou um chute forte de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e enganou o goleiro Rodrigo, mas a redonda saiu para linha de fundo.

O Avenida teve uma boa oportunidade aos 28 minutos. Na jogada, Fidélis recebeu na entrada da área e concluiu colocado, mas a redonda subiu e passou sob a meta defendida por Bruno Grassi.

Após belo passe de Matheus Henrique, o atacante Isaque não conseguiu dominar a bola e foi derrubado na área. O árbitro assinalou a penalidade. O volante Jean Pyerre cobrou e, aos 35 minutos, abriu o placar no estádio Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul.

Três minutos depois, o Avenida teve boa chance em cobrança de falta frontal para a meta. O lateral Itaqui bateu forte, tirando da barreira, e a bola passou muito perto da trave direita de defesa do goleiro Bruno Grassi.

Aos 45 minutos, o Grêmio desperdiçou a chance de ampliar o marcador. No lance, Matheus Henrique pressionou o adversário, recuperou a bola e tocou para Jean Pyerre. O companheiro viu Lima entrando na área pela direita e passou para colega, que chegou finalizando de primeira. O goleiro Rodrigo defendeu com segurança.

Segundo tempo

O Avenida retornou para o segunda etapa pressionando o Tricolor. Aos três minutos, Hyantony recebeu na área e girou sob a marcação, mas a conclusão saiu fraca. O goleiro Bruno Grassi se jogou para defender o chute cruzado.

De tanto pressionar, o Avenida chegou ao empate aos 15 minutos. O gol foi de bola aérea, um problema da zaga gremista. Após cobrança de escanteio de Itaqui pela direita de ataque, Luis Henrique, livre de marcação, desviou de cabeça, sem chances para o goleiro Bruno Grassi.

A virada do Avenida veio aos 25 minutos. Após contra-ataque rápido, Paulo Miranda falhou e redonda sobrou para Marques cara-a-cara com o goleiro gremista. O jogador do Avenida bateu bem e virou o resultado do jogo.

Três minutos depois, o Grêmio quase empatou. Após cobrança de falta pela direita de ataque, Claudinho tentou cortar e quase mandou contra, mas o goleiro Rodrigo estava atento para evitar a igualdade no placar.

O terceiro gol do Avenida não ocorreu porque o goleiro Bruno Grassi salvou o Grêmio. Após uma trapalhada da zaga gremista, a redonda sobrou para Marques, que bateu bem, mas Grassi cresceu no lance e salvou o Grêmio.

Aos 36 minutos, Lima tocou para Madson, que concluiu forte ao gol. Contudo, a redonda explodiu na trave.

O Grêmio chegou ao empate aos 45 minutos de jogo. Após cobrança de escanteio de Lima, o goleiro Rodrigo saiu mal da meta e o zagueiro gremista Paulo Miranda igualou o marcador. O primeiro tento do defensor com a camisa do Tricolor.

Para quem achava que a partida tinha acabado, o Avenida mostrou que não. Aos 48 minutos, após cobrança de falta, a zaga gremista afastou para a intermediária e Toto chegou chutando muito forte, a redonda ainda desviou no meio do caminho, enganando o goleiro Grassi, e balançando as redes.

As duas equipes retornam a campo na quarta rodada do Campeonato Gaúcho. No sábado, às 16h30 (de Brasília), o Avenida encara o Internacional no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. No domingo, às 17h (de Brasília), o Grêmio enfrenta o São José, no estádio Passo D’Areia, também na capital gaúcha.

FICHA TÉCNICA
AVENIDA 3 X 2 GRÊMIO
Local: Estádio Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul (RS)
Data: 24 de janeiro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: André Da Silva Bitencourt e Mateus Olivério Rocha (ambos do RS)
Cartões amarelos: Roger, Felipe Tchelé (Avenida) Matheus Henrique, Mendonça (Grêmio)

GOLS:
Avenida: Luis Henrique, aos 15 minutos do segundo tempo; Marques, aos 25 minutos do segundo tempo; Toto, aos 48 minutos do segundo tempo
Grêmio: Jean Pyerre, aos 35 minutos do primeiro tempo; Paulo MIranda, aos 45 minutos do segundo tempo

AVENIDA: Rodrigo; Itaqui, Luis Henrique, Claudinho e Toto; Roger, Fidélis, Baiano (Marques), Diego Torres (Carlinhos) e Maurício; Hyantony (Felipe Tchelé).
Técnico: Fabiano Daitx

GRÊMIO: Bruno Grassi, Madson, Paulo Miranda, Mendonça e Guilherme Guedes; Balbino, Pepê (Thonny Anderson), Matheusinho (Thaciano), Jean Pyerre e Lima; Isaque (Alisson).
Técnico: César Bueno