Presidente do Flamengo vê tratamento diferente da CBF ao São Paulo

São Paulo, SP

18-11-2020 00:29:20

O clima está cada vez mais quente antes do segundo jogo entre São Paulo e Flamengo pelas quartas de final da Copa do Brasil. Depois de ter seu pedido para troca de árbitro rejeitado pela CBF, o presidente do Rubro-Negro, Rodolfo Landim, criticou a entidade e apontou o que seria um tratamento diferente ao Tricolor paulista.

“Entendemos que o comportamento da CBF com o São Paulo é distinto dos outros clubes. Eu não vi o Gaciba hora nenhuma falar que houve um erro no campeonato, só uma vez e trocou a arbitragem do jogo do São Paulo contra o Grêmio. Não por acaso, o que aconteceu? Dois pênaltis claros não marcados e ninguém veio a público falar que houve erro”, declarou o mandatário, ao Globoesporte.com.

O caso citado por Landim foi na derrota do time do Morumbi para o Atlético-MG. Cerca de 10 dias depois do jogo, o presidente da Comissão de Arbitragem, Leonardo Gaciba, admitiu que houve um erro no uso no VAR em gol anulado do são-paulino Luciano. Pouco depois, os paulistas solicitaram a troca do árbitro de vídeo do duelo contra o Grêmio. A derrota no Morumbi deixou os dirigentes gaúchos extremamente insatisfeitos.


Nesta semana, foi a vez de o Flamengo solicitar à CBF a retirada de Wilton Pereira Sampaio do jogo contra o São Paulo, nesta quarta. Porém, a Confederação descartou a mudança, desagradando Landim.

“A mensagem que se passa é: ‘Cuidem-se se errarem contra o São Paulo’. A sinalização é de que quando o erro é contra, suspende. Quando é a favor, nada acontece”, afirmou. O presidente rubro-negro ainda revelou ter um documento com dados de supostos erros contra o clube.

São Paulo e Flamengo se enfrentam nesta quarta, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi. A primeira partida, no Maracanã, terminou com vitória do time de Fernando Diniz por 2 a 1. Assim, o Tricolor depende de um empate para avançar à semifinal da Copa do Brasil.

Deixe seu comentário