Futebol

Flamengo é contra adequação ao calendário europeu e mata-mata

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
01/04/2020 16:49:39

Em: Flamengo, Futebol, Gazeta Press, Notícias

Os clubes brasileiros e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) têm discutido como organizar o calendário do futebol pós a pandemia do novo coronavírus. O Flamengo é contra adequação ao calendário europeu e defende a manutenção do formato existente. Na Europa, a temporada começa em agosto e termina em junho do ano seguinte. Já no Brasil, a temporada tem início no final de janeiro termina em dezembro.

Por conta da paralisação do futebol, muitos defendem que o momento seja aproveitado para adequar o calendário nacional ao europeu, assim como faz a Argentina.

Em entrevista à FlaTv, o presidente Rodolfo Landim se posicionou contrário à ideia. Segundo o dirigente Rubro-Negro, tal medida causaria prejuízo aos clubes.

“Com relação à adequação ao calendário europeu, isso causaria um grande problema econômico para clubes. Teríamos que estender até o meio do ano que vem as receitas dos clubes. As receitas que nós teríamos de televisão certamente seriam empurradas para o próximo ano também e, consequentemente, isso causaria um impacto enorme nos clubes. E estamos esperando que elas entrem normalmente até dezembro para pagar todos os nossos compromissos e não ter um impacto muito grande”, justificou Landim.

O Flamengo é contra (Foto: Divulgação/Alexandre Vidal)

A posição do Flamengo também é contrária à alteração da fórmula de disputa do Campeonato Brasileiro. Com o objetivo de diminuir o número de datas necessárias para a competição, alguns defendem o formato mata-mata.

“Entendemos que a fórmula de pontos corridos foi como os clubes venderam para as televisões. Essa é uma receita muito importante e temos que manter o calendário dessa forma e sem afetar o número de jogos que foram previstos. Por isso que defendemos a preservação do calendário 2020”, afirmou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Acordo para encerrar competições até 31 de janeiro

Segundo Landim, os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro e a CBF estão afinados. A ideia é que as competições sejam estendidas, no máximo, até o final de janeiro de 2021. Isso vale para Estaduais, Brasileirão e Copa do Brasil. “Eu acho que esse é o grande desafio que a gente vai ter. Que é conseguir datas para terminar todos os campeonatos. Já existe pelo menos um acordo dos clubes da Série A com a CBF de que a prioridade é a gente estender e terminar os campeonatos
pelo menos até o dia 31 de janeiro”, revelou.

Por fim, Rodolfo Landim disse estar com saudades de ver seu time jogar. Ele lamentou que a pandemia tenha interrompido uma temporada de sucesso para o Flamengo.

“Eu e umas 42 milhões de pessoas estamos saudosos de ver o Flamengo jogar. O problema do coronavírus é muito sério. E veio numa hora esportivamente muito ruim. Estávamos engrenando uma sequência de jogos muito positivos. Mas é isso. Vamos torcer para que isso acabe rápido e que a gente volte a torcer pelo Flamengo”, concluiu o presidente.

Ads – Rodapé Posts




  • firestorw

    #PAGUEMASFAMILIAS

  • Ph

    Ué, num tá “notro patamá?”