Rafael Cabral evita comparações com Fábio e explica defesas de pênalti na classificação do Cruzeiro

São Paulo, SP

12-05-2022 22:20:10

O grande herói do Cruzeiro na classificação às oitavas de final da Copa do Brasil foi o goleiro Rafael Cabral. Frente ao Remo, o arqueiro defendeu quatro cobranças de pênalti e foi o nome da noite. Na saída de campo, o jogador evitou comparações com o ídolo cruzeirense Fábio.

''Eu sempre disse que nunca vou substituir o Fábio. Vim para jogar após ele, a história dele é incrível aqui e vai continuar sendo, independente do que eu faça. O time correu demais, fico feliz de poder ajudar. Eu sou um cara muito pé no chão. No próximo jogo eu tenho que ir bem de novo. A minha posição é muito importante e eu estou trabalhando todo dia para passar confiança e ajudar o time quando precisasse. Espero representar essa torcida em campo'', disse em entrevista à Amazon Prime.

Rafael explicou suas defesas. Em algumas delas, o goleiro não conhecia a forma de bater dos jogadores do Remo, em outras, o goleiro fez estudo prévio.

''Tem um pouco de tudo. O problema de você estudar é que às vezes acaba te deixando precipitado. Teve pênalti que eu estudei e que eu peguei, e teve o último que eu não sabia onde ele batia. Mas aproveitando a oportunidade, quero agradecer a todo o pessoal do staff, o nosso treinador de goleiro, que é um cara sensacional. As pessoas veem eu pegando pênalti mas tem muita gente por traz que merece os aplausos até mais do que eu'', contou.

Classificado, o Cruzeiro aguarda sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário na Copa do Brasil. Antes disso, a equipe enfrenta o Náutico, fora de casa, às 16h (de Brasília) deste domingo, pela Série B do Brasileirão.

Deixe seu comentário