Cruzeirense é contrário ao árbitro de vídeo: “Estamos perdendo o charme do futebol”

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
13/02/2018 09:59:07 — 13/02/2018 10:14:14

Em: Bastidores, Campeonatos, Cruzeiro
O volante Bruno Silva é contra o árbitro de vídeo (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Um grande debate nos últimos dias foi a inclusão do árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro. A Confederação Brasileira de Futebol apresentou sua proposta e a maior parte dos clubes recusou. O Cruzeiro foi um dos times. Acompanhando o clube está o volante Bruno Silva que acredita que o futebol não pode perder sua essência.

“Esse é o charme do futebol e a gente está deixando perder isso. Eu sou contra (o árbitro de vídeo), na minha humilde opinião. Não sou a favor. Se não vai ter, fico feliz. O futebol é isso, discussão do torcedor. O futebol está ficando chato, burocrático”, destacou.

Bruno reforça que os erros no futebol devem diminuir, defendendo algo como o profissionalismo dos árbitros.

“Acho bom, na minha opinião, não tira aquela expectativa de discussão na rua, do torcedor querer saber se foi ou não impedimento, se foi ou não gol. Isso faz parte do futebol. Os juízes tem que minimizar o erro o quanto antes, o mais possível. Mas no futebol a graça é essa. Não pode perder a graça da discussão do torcedor”, finalizou.

O Cruzeiro volta aos treinamentos neste terça-feira, na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte.