Cruzeiro sofre, mas elimina o Boa Esporte nos pênaltis na Copa do Brasil

São Paulo, SP

04-03-2020 23:41:18

Nesta quarta-feira, O Cruzeiro visitou o Boa Esporte e avançou na Copa do Brasil nos pênaltis, o após um empate por 1 a 1 no tempo normal. João Lucas abriu o placar para a Raposa, enquanto Claudeci deixou tudo igual para os mandantes. Nas penalidades, Fábio defendeu uma cobrança.

Com a vaga na terceira fase garantida, o Cruzeiro terá pela frente o CRB como adversário na próxima partida da Copa do Brasil.


O Cruzeiro foi amplamente superior na primeira etapa e poderia ter construído um placar mais elástico. Primeiro, Marcelo Moreno ganhou dividida e rolou para Thiago, que chutou de bico e parou em defesa de Renan Rocha. Na sequência, o atacante cabeceou por cima do gol após cruzamento de Everton Felipe.

O Cruzeiro continuou no ataque e conseguiu abrir o placar aos 36 minutos. Após escanteio batido pela esquerda por Machado, João Lucas subiu na primeira trave e cabeceou para marcar. Antes do intervalo, Machado cobrou novo escanteio e quase marcou um gol olímpico.

O Boa Esporte voltou melhor para a etapa final e marcou aos 13 minutos. Cesinha foi desarmado na entrada da área, porém a bola sobrou para Claudeci, que bateu cruzado para deixar tudo igual.

Nas cinco penalidades iniciais, Yuri parou em defesa de Fábio e Marco Antônio isolou pelo Cruzeiro. Na sequência, Ferreira isolou pelo Boa Esporte e Maurício converteu para o Cruzeiro, garantindo a Raposa na próxima fase.

FICHA TÉCNICA:
BOA ESPORTE (4) 1 X 1 (5) CRUZEIRO

Local: Estádio Melão, Varginha, MG
Data: 
04 de março de 2020, quarta-feira
Hora: 
21h30 (de Brasília)
Árbitro: 
Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: 
Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Cartões amarelos: Claudeci , Carlinhos (Boa Esporte); Edílson (Cruzeiro)

GOLS:
Cruzeiro: João Lucas (36 minutos do 1º tempo)
Claudeci: Claudeci, Carlinhos (13 minutos do 1º tempo)

BOA ESPORTE: Renan Rocha; Yuri, Wesley, Henrique Moura e Ferreira; Caio Cesar (Chiquinho Alagoano); Carlinhos, Claudeci (Romário Simões) e Cesinha (Denis); Gindré e Jefferson
Técnico: Nedo Xavier

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Cacá, Léo e João Lucas; Filipe Machado, Jadsom (Pedro Bicalho); Maurício, Everton Felipe, Thiago (Marco Antônio) e Marcelo Moreno (Jhonata Robert)

Técnico: Adílson Batista

Deixe seu comentário