Federação marfinense recorre contra suspensão de eleição, imposta pela Fifa

AFP - São Paulo,SP

22-12-2020 18:27:42

A Federação Marfinense de Futebol (FIF), imersa em um conflito pela sucessão à presidência, à qual aspira o ex-astro Didier Drogba, anunciou em nota que vai recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) para apelar da decisão da Fifa de bloquear o processo eleitoral.

"Depois de a Federação Internacional de Futebol Associação (Fifa) não ter atendido aos diversos pedidos de levantamento da suspensão do processo eleitoral, a FIF considera este silêncio da Fifa como uma recusa ao seu pedido e é forçada a ir ao TAS para solicitar deste foro a anulação pura e simples da decisão de suspensão", explica a federação do país africano.


A FIF destaca "as dificuldades criadas por esta suspensão", que implica o adiamento "do início dos campeonatos na Costa do Marfim". "O futebol marfinense está parado desde agosto de 2020", insiste a FIF.

A eleição para a presidência da FIF é uma novela sem desfecho há seis meses.

Após a rejeição da candidatura de Drogba, a Fifa bloqueou o processo em agosto e ouviu os diferentes atores em setembro.

Apesar de sua imensa popularidade na Costa do Marfim e do apoio de muitos de seus ex-companheiros de equipe, como Yaya Touré, e de personalidades do país, o ex-atacante do Chelsea teve sua candidatura rejeitada.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário