Futebol/Campeonato Brasileiro

Marcelo minimiza empate do Coxa e agora aguarda reforços

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba, PR
21/08/2017 23:56:43

Em: Brasileiro Série A, Coritiba, Futebol, Notícias
Trinador espera ter mais opções para escalar o time (Divulgação/CFC)

O empate diante do Santos, jogando em casa, pode não ter sido o melhor resultado para o torcedor do Coritiba ou para a posição do time a tabela do Campeonato Brasileiro. Porém, para o técnico Marcelo Oliveira, a força do Peixe faz com que o resultado possa ser visto de um jeito diferente dentro do contexto da competição.

“Quando se pensa em um jogo em casa se pensa em vitória, na situação que o Coritiba está, mas quando se pensa em um empate com o Santos, pelo potencial e posição que está, acaba sendo justo”, disse o treinador, já pensando na classificação. “Esse pontinho, que pode nos ajudar mais para frente”, ponderou.

O comandante coxa-branca acredita que a equipe ainda está em um processo de reconstrução, que deve dar mais frutos a cada rodada. “Estamos construindo novamente, jogo a jogo. Achei que esse foi mais equilibrado, vamos qualificar mais o time para a frente para podermos seguir o nosso caminho”, avaliou.

A expectativa agora é contar com uma equipe reforçada, se possível com Rafael Longuine e Cléber, que apenas aguardam a documentação. “Vamos aguardar a semana, o período de protocolo do Longuine e do Cleber. Pode ser que também tenha a volta do Werley. Pouco a pouco vamos qualificando. Preciso de um time que seja competitivo, que defenda bem, mas que também tenha qualidade para chegar”, concluiu.