Há oito anos, futebol brasileiro lamentava a morte do ídolo Sócrates

São Paulo, SP

04-12-2019 09:19:46


O Corinthians destacou nesta quarta-feira um dos maiores ídolos de sua história, o ex-meio-campista Sócrates. Líder de um período histórico denominado Democracia Corintiana, o Doutor faleceu no dia 4 de dezembro de 2011, em função de um choque séptico de origem intestinal

Sócrates já vinha com a saúde muito debilitada. Ele travava uma luta ferrenha em função dos problemas causados pelo alcoolismo. "Dr. Sócrates, eternamente dentro dos nossos corações!", destacou as redes sociais do Timão.

Nascido em 19 de fevereiro de 1954, em Ribeirão Preto (SP), Sócrates iniciou sua carreira em sua cidade, no Botafogo, ainda nos anos 70. Em 1978, iniciou a trajetória de sucesso no Corinthians, onde ficou até 1984 - teve como maior destaque liderar o time no bicampeonato paulista de 1982 e 1983.

Depois de brilhar no Timão, passou por Fiorentina, da Itália, Flamengo, Santos e novamente o Botafogo de Ribeirão. Pela Seleção Brasileira, disputou as Copas de 1982 e 1986.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?