Gabriel quer equilíbrio no Corinthians para decisão na Copa do Brasil

São Paulo, SP

08-06-2021 15:00:08

O Corinthians está focado na decisão desta quarta-feira contra o Atlético-GO, no Estádio Antônio Accioly, pela Copa do Brasil. Como perdeu o jogo de ida por 2 a 0, o Timão precisa triunfar por três gols de diferença para avançar ou por dois para levar o duelo para os pênaltis. Para seguir vivo na competição, o volante Gabriel acredita que o time precisa ter equilíbrio entre ataque e defesa.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Não é o resultado que nós queríamos levar para uma segunda partida, mas são 180 minutos, ainda não acabou. Foi apenas metade da decisão, da nossa trajetória para a classificação. Temos totais condições de fazer um jogo melhor, mais consistente para podemos reverter a situação. Lógico que respeitando o Atlético-GO, que fez um grande primeiro jogo. Espero que o segundo jogo seja nosso. É tentar pressionar o adversário no momento certo para criar os nossos gols, criar as nossa chances. E também não tomar, a gente sabe que é importante não tomar gols para ficar mais perto da classificação. A equipe está concentrada", disse em entrevista coletiva nesta terça-feira.

"Eu falo para não tomar gol porque sem tomar nós precisamos marcar dois para levar aos pênaltis e três para passar direto. Se tomar, logicamente temos que fazer mais gols. Com o tempo, isso vai ficando mais difícil na partida. Acredito que temos que ter equilíbrio. Não só defender para não tomar o gol e estar mais perto da classificação, mas tem que atacar também. Tem que ter esse equilíbrio defensivo e ofensivo para criarmos chances e dominar a a partida. Vão ter momentos em que vamos ter que defender todos, mas vamos ter que atacar com inteligência. A estratégia do jogo ainda não está totalmente definida, até porque temos treino hoje ainda. Hoje, acredito que vamos criar no campo uma estratégia definida, para sair de São Paulo rumo à Goiânia com a mente já focada. Conhecendo o Sylvinho em poucos dias, tenho certeza que a palavra equilíbrio vai ser tocada. Também vou nessa linha porque temos que ter isso para conseguir a classificação", completou.


Gabriel também acredita que o triunfo sobre o América-MG no domingo, pelo Campeonato Brasileiro, deixa o clube do Parque São Jorge mais "leve" na busca pela classificação.

"A vitória sempre nos dá confiança, um ânimo maior no trabalho. Gera confiança não só nos jogadores, mas também na comissão técnica, no que estamos treinando, conversando e praticando no dia a dia. Feliz pela retomada, lógico que o futebol é resultado. Quando o resultado vem positivo, gera coisas boas. Nada melhor antes de um jogo eliminatório, onde temos a possibilidade de reverter uma situação. Com certeza gera confiança, uma leveza um pouquinho maior no grupo para fazer um grande jogo amanhã. Nós temos que ter a cabeça tranquila mesmo com o 2 a 0 contra para poder reverter e fazer o nosso melhor", destacou.

O Corinthians não poderá contar com Fagner no confronto decisivo contra o Atlético-GO, já que o lateral-direito acabou expulso no jogo de ida. Gabriel lamentou a ausência do companheiro, mas garantiu que o elenco alvinegro tem qualidade suficiente para suprir a falta do camisa 23.

"O Fagner é um grande jogador, disputou uma Copa do Mundo recentemente. Tem também uma história linda no clube. Lógico que faz falta por ser o dono da posição, mas temos jogadores de alto nível que podem entrar e fazer um grande jogo. Na minha visão, o segundo cartão do Fagner foi totalmente injusto, e ele acabou sendo expulso por uma decisão do árbitro. Faz parte do jogo, da decisão. Amanhã, tenho certeza que o Fagner estará na torcida por nós e quem entrar na lateral ou no time está preparado para fazer um grande jogo. Lógico que perder um jogador desse porte faz falta, mas nós temos grupo para suprir essa ausência", afirmou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Por fim, Gabriel ainda falou sobre o início de trabalho de Sylvinho. Como novo treinador, o Timão perdeu duas vezes para o Atlético-GO, ambas na Neo Química Arena, mas venceu pela primeira vez diante do América-MG.

"Ele tem uma energia muito positiva, isso nós já sabíamos. Ele vem realmente passando isso no dia a dia. Tenho certeza que isso vem dele, é verdadeiro. É um cara em que estamos muito confiantes, até por ser um cara amigo, que passou por tudo isso e conhece o Corinthians como poucos. Está sendo muito bem-visto, estamos realmente juntos para fazer uma grande temporada. Amanhã é uma primeira decisão, espero que consigamos a classificação para ter uma sequência de Copa do Brasil e Brasileiro, onde acredito que nós temos de brigar por títulos", concluiu.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?