Esposa de Jô reclama de covardia e diz que chuteira é "azul turquesa"

São Paulo, SP

22-06-2021 21:56:14

A polêmica sobre a cor da chuteira de Jô ganhou mais um capítulo na noite desta terça-feira. Dessa vez foi Claudia Silva, esposa do jogador do Corinthians, que se manifestou pelo Instagram para defender o marido. Não é a primeira vez que Claudia usa a rede social para reclamar de críticas sobre o atleta de 34 anos.

Ela reforçou que o calçado não é verde, o que faria alusão ao arquirrival Palmeiras, assim como Jô já havia feito em nota oficial, e pediu respeito pelos familiares do centroavante.

"Aconteceu uma coisa muito chata com meu marido. Uma visão distorcida ou de uma pessoa daltônica, não sei descrever, que confundiu azul turquesa com verde. Se fosse verde, até poderia ser, mas isso não leva a desconstrução da imagem de um jogador que se dedica ao clube, que tem uma história no clube. Não vivo do passado, mas fico triste, todas as esposas de jogadores ou de qualquer trabalhador ficam quando o marido chega em casa e diz que foi injustiçado de uma forma cruel", comentou ela.

"Quando vi essa covardia que tentaram fazer com ele... Tentaram, né? Porque provaram que não era verde. Futebol é alegria. O gramado é verde. Então corintiano não pode jogar em gramado verde. Vai ter que pintar de preto, vermelho e branco.

A polêmica aconteceu no último domingo, na partida entre Corinthians e Bahia, em Salvador (Foto: Maurícia Da Matta/W9 Press/GPress)

"Magoa a gente, magoa os familiares, os filhos, os pais, tem eu como esposa. Tem que respeitar a família do atleta. Mandaram mensagem no Instagram da minha cunhada. Vocês não podem fazer isso. Todo ser humano vive altos e baixos, e para um jogador viver isso no Brasil, tem que ser guerreiro".

O Corinthians decidiu advertir, multar e proibir Jô e utilizar a chuteira em questão novamente. O modelo utilizado foi a Mercurial Vapor 14, produzida pela Nike. Ela é classificada como azul pela fabricante, pela cor predominante, mas tem detalhes que remetem a um 'verde-fluorescente'. O produto é vendido por R$ 1.699,99.

"Vocês não estão sendo fiel. Estão pisando nestes meninos. No Cássio, no Gil, Jô, Fagner...Parem com isso, até peço desculpas por citar essas pessoas. A maioria é corintiano, meu marido é corintiano. Tem que respeitar essas pessoas. Meu marido se cobra todo dia. Em 2017, jogou lesionado e eu falava para ele não jogar, para não acabar com a carreira, e ele dizia que ia jogar, que iam ser campeões", disse Claudio, durante um longo vídeo postado em seu perfil no Instagram.

Claudia Silva já saiu em defesa de Jô em outras oportunidades (Reprodução)

Deixe seu comentário