Arthur Elias despista futuro na Seleção Brasileira feminina e elogia Pia Sundhage

* Celso Ardengh, especial para a Gazeta Esportiva - São Paulo,SP

15-04-2020 13:09:22

Quando Pia Sundhage foi escolhida para comandar a Seleção Brasileira feminina, em julho do ano passado, Arthur Elias era o mais cotado para assumir o cargo. Apesar de não ter escondido o sonho de treinar a canarinho, o técnico deixou claro que não está à espera de um convite da CBF.

“Não fico pensando na possibilidade desse convite. Nem em outros, que já chegaram ou eventualmente chegarão. Analiso cada oportunidade quando ela se torna real e as condições são tratadas. Estou feliz no Corinthians e sei que meus próximos passos dependem do que estou fazendo agora, a cada dia, a cada temporada”, comentou, em entrevista exclusiva concedida à Gazeta Esportiva.


“No futebol, é muito difícil traçarmos planos para frente. A única certeza é que quanto maiores resultados são alcançados, aumentam suas as chances de conseguir condições cada vez melhores para trabalhar”, completou.

Questionado a respeito da opção feita pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, Arthur não poupou elogios e declarou sua torcida pela sueca.

“Gostei da chegada da Pia. Ela é experiente e vitoriosa. Achei que o presidente Rogério Caboclo apostou numa grande mudança, trazendo uma treinadora estrangeira. Vejo que tem tudo pra dar certo. Estou torcendo muito e tentando ajudar o máximo dentro do possível. O trabalho da Seleção é muito importante para o desenvolvimento do nosso futebol feminino”, finalizou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?