Mourinho se diz melhor da história do Chelsea e garante que só sai demitido

São Paulo, SP

03-10-2015 20:07:46

Em sua fala, Mourinho ainda voltou a reclamar da arbitragem inglesa (Foto: Glyn Kirk)
Em sua fala, Mourinho ainda voltou a reclamar da arbitragem inglesa (Foto: Glyn Kirk)

Marcado por suas declarações e atitudes polêmicas, José Mourinho tem tido motivos para estar irritado e, recentemente, tem disparado palavras fortes em entrevistas. Dias depois de dizer que este oscilante início de temporada com o Chelsea é o “pior momento de sua carreira”, o português, frustrado após derrota para o Southampton neste sábado, disparou que, se for demitido, o clube estará perdendo o melhor treinador de sua história.

“Se o Chelsea decidir me demitir, estarão dispensando o melhor técnico que este clube já teve. Agora é momento para que todos assumam a responsabilidade – eu assumo a minha, os jogadores devem assumir a deles e outras pessoas do clube também – e nos unirmos”, declarou, em entrevista à TV Sky Sports, na qual ele tomou a palavra e falou seguidamente por cerca de sete minutos.

Mourinho também fez questão de garantir que, apesar da 16º colocação no Campeonato Inglês, com oito pontos conquistados em oito jogos, ele não deixará o cargo por vontade própria, e só sai dos Blues caso a diretoria decida demiti-lo, contrariando seu “conselho”.

“Primeiro: eu não fujo. Segundo: se o clube quiser que eu saia, eles terão que me demitir, porque eu não fugirei das minhas responsabilidades, pelo meu time e por minhas convicções. Terceiro, e ainda mais importante, eu acho que esse é um momento crucial na história deste clube”, disse, durante seu “monólogo” ao canal britânico.

O treinador também vê o time “incrivelmente para baixo”, desanimado com a atual situação, e admite que o bicampeonato inglês já começa a ficar fora do alcance do Chelsea em razão da distância de 10 pontos para o Manchester City, atual líder provisório, com 18 unidades. Mourinho também frisou, no entanto, que, para uma competição tão difícil, chegar entre os quatro primeiros colocados “está ok”.

Para tentar começar a reverter a má fase, os Blues voltam a campo pela Premier League no próximo sábado, quando recebem o Aston Villa em Stamford Bridge.

Deixe seu comentário