Chelsea vence Hull e abre oito pontos sobre o segundo colocado

São Paulo, SP

22-01-2017 16:50:52

Jogando no Stamford Bridge, o Chelsea venceu o Hull City por 2 a 0, neste domingo, em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Inglês. Com a vitória, o time comandado por Antonio Conte foi a 55 pontos e abriu oito pontos de vantagem em relação ao segundo colocado Arsenal. Já os visitantes permaneceram na 19ª posição com 16 pontos.

O Chelsea teve mais posse de bola no primeiro tempo e conseguiu chegar mais ao ataque, entretanto quem teve a primeira chance de abrir o placar foram os Tigers. O cruzamento de Maguire foi desviado, mas a bola sobrou com os visitantes. Após bela tabela na intermediária com Abél Hernandez, Hudldestone bateu cruzado com perigo, mas a bola foi para fora.

Apos sofrer pancada na cabeça, Mason precisou deixar o jogo (Foto: Adrian Dennis/AFP)
Apos sofrer pancada na cabeça, Mason precisou deixar o jogo (Foto: Adrian Dennis/AFP)

O jogo ficou parado por aproximadamente cinco minutos após Mason bater a cabeça com o zagueiro Cahill em uma jogada aérea da equipe da casa. O jogador do Hull saiu de campo carregado na maca e com todo o aparato de proteção.

Aos 40 minutos, os Blues tiveram um gol anulado. Em uma jogada que começou com troca de passes no meio de campo. Douglas Costa recebeu a bola nas costas da defesa, mas o auxiliar marcou o impedimento. O lance era extremamente difícil para o bandeirinha.

O Chelsea abriu o placar aos 52 minutos da primeira etapa. Marcos Alonso inverteu o jogo para a direita, Moses dominou a bola, fintou, foi em direção à linha de fundo e cruzou rasteiro para o meio da área. Diego Costa se adiantou ao marcador e mandou a bola para o fundo do gol.

O time de Londres voltou para a segunda etapa com o mesmo ímpeto e conseguiu ter um bom volume de jogo. Em uma das poucas chances do Hull City, a bola ficou viva no bate rebate de cabeça após um cruzamento e Dawson conseguiu chutar de esquerda. O goleiro Courtois espalmou a bola.

O segundo gol dos Blues veio aos 34 minutos do segundo tempo. Fabregas bateu a falta do lado esquerdo do campo e Cahill apareceu sozinho, dentro da pequena área, para cabecear a bola para o gol, sem chances para o goleiro Jakupovic.

Deixe seu comentário