Seleção Olímpica domina, mas desperdiça chances e perde para Cabo Verde

São Paulo, SP

05-06-2021 15:59:53

A 47 dias da estreia nas Olímpiadas de Tóquio, a Seleção Brasileira Olímpica foi derrotada por 2 a 1, de virada, por Cabo Verde neste sábado, em amistoso realizado no Estádio Partizan, em Belgrado, na Sérvia.

Apesar de ter dominado todas as ações do jogo, o Brasil encontrou muitas dificuldades para converter as suas chances em gols. O primeiro tento saiu apenas aos 38 da etapa inicial, em cobrança de pênalti de Pedro. Do outro lado, o Cabo Verde empatou aos 45, na sua primeira descida ao ataque, com Lisandro Semedo. Já aos 38 da segunda etapa, Willy Semedo aproveitou o vacilo defensivo brasileiro para virar.

O Brasil volta a campo agora na próxima terça-feira, quando encara a Sérvia, também em Belgrado. Esse, aliás, será o último teste antes dos Jogos Olímpicos. A estreia da Seleção está marcada para o dia 22 de julho, diante da Alemanha, no estádio de Yokohama.


O jogo - Os brasileiros começaram a partida apertando os rivais. Com o relógio marcando seis minutos, Antony cruzou na medida para Bruno Guimarães, que testou firme, mas a defesa afastou em cima da linha. Aos nove, o volante voltou a levar perigo, dessa vez, no entanto, a cabeçada passou por cima do travessão.

No lance seguinte, foi a vez de Antony assustar. Depois de lindo cruzamento de Rodrygo, o ex-são-paulino apareceu livre no meio dos defensores para testar à centímetros da trave esquerda. Aos 35, após linda jogada coletiva, Claudinho cruzou rasteiro para Rodrygo, que chegou batendo de primeira para ótima defesa de Vozinha.

Já aos 38 minutos, o gol enfim saiu. Pedro tentou driblar dentro da área, mas o zagueiro Roberto Lopes cortou com a mão. Com isso, o árbitro sinalizou pênalti. Na cobrança, o próprio centroavante do Flamengo colocou a bola na rede.

 

Em desvantagem, Cabo Verde respondeu. Aos 45, na primeira descida do time ao ataque, Semedo recebeu bom cruzamento da esquerda e bateu de primeira para deixar tudo igual.

Na volta do intervalo, o Brasil seguiu pressionando. Com 16 minutos, Vozinha errou na saída de bola, e Claudinho tentou surpreender arriscando de longe, mas a bola passou raspando. Aos 19, o meia do Bragantino encontrou um ótimo passe para Malcom, que bateu na rede pelo lado de fora.

Na sequência, a Seleção seguiu rondando a área dos rivais, mas não conseguiu furar a forte marcação. Do outro lado, Cabo Verde aproveitou para surpreender. Aos 38, Gabriel Magalhães e Matheus Henrique erraram na entrada da área, Willy Semedo roubou a bola e soltou o pé para virar o jogo.

Nos minutos finais, o Brasil até tentou buscar um gol salvador, mas não foi o suficiente para evitar o revés no penúltimo amistoso antes dos Jogos Olímpicos.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 2 CABO VERDE

Local: Estádio Partizan, em Belgrado, na Sérvia
Data: 05 de junho de 2021, sábado
Horário: 14 horas (de Brasília)
Cartões amarelos: Gerson e Bruno Guimarães (Brasil); Willy Semedo (Cabo Verde)

GOLS: Pedro, aos 38 do 1ºT (Brasil); Semedo, aos 45 do 1ºT, e Willy Semedo, aos 38 do 2ºT (Cabo Verde)

BRASIL: Cleiton; Gabriel Menino, Gabriel Magalhães, Nino e Arana; Gerson (Matheus Henrique), Bruno Guimarães e Claudinho (Reinier); Rodrygo (Gabriel Martinelli), Antony (Malcom) e Pedro (Evanílson).
Técnico: André Jardine

CABO VERDE: Vozinha; Furtado (Diney Borges), Steven Pereira, Roberto Lopes e Stopira; Kenny Rocha (Telmo Arcanjo), Dylan Tavares (Rely Cabral), Cuca e Vasco Lopes (Willy Semedo); Lisandro Semedo (Nuno Borges) e Vagner (Gilson Tavares).
Técnico: Pedro Bubista

Deixe seu comentário