Por grande fase da Seleção, Fernandinho gostaria de antecipar Copa

São Paulo, SP

07-06-2017 08:36:25

É inevitável. O grande início de trabalho do técnico Tite à frente da Seleção Brasileira gerou empolgação não só aos torcedores, mas também aos jogadores do elenco verde e amarelo. Um deles é Fernandinho, que por conta do ótimo momento que o time brasileiro vive, preferiria que o início da Copa do Mundo demorasse bem menos que um ano.

Desde a estreia de Tite, com vitória sobre o então líder Equador nas Eliminatórias para o Mundial de 2018, a Seleção Brasileira não perde um jogo sequer. São nove vitórias em nove partidas, incluindo um 3 a 0 em cima da Argentina e uma goleada por 4 a 1 no Uruguai em pleno Centenário. Candidato a fazer parte do grupo que disputará a Copa da Rússia, Fernandinho, que esteve presente no 7 a 1 para a Alemanha em 2014, quer se redimir com o título mais importante do futebol no ano que vem.

“Esses três anos que se passaram desde o Mundial foi um tempo de crescimento, de amadurecimento. Vivemos um bom momento, queríamos jogar logo na Rússia nas condições que estamos hoje, com o time bem, vitórias e a torcida nos apoiando. Mas temos um ano para terminar bem as Eliminatórias e disputar alguns amistosos. Acho que vamos chegar muito bem [na Copa do Mundo]”, afirmou Fernandinho.


Titular no Manchester City, Fernandinho era o cabeça de área preferido do técnico Dunga, que como jogador atuou na mesma posição. Já sob o comando de Tite, a Seleção Brasileira passou a contar com Casemiro no setor, pilar do Real Madrid e recentemente campeão da Liga dos Campeões pela terceira vez na carreira. Sem a presença do jogador merengue, Fernandinho quer aproveitar para recuperar um pouco de seu espaço na equipe canarinho, embora reconheça a grande fase de seu concorrente.

“O Casemiro mudou totalmente o Real Madrid. Nos últimos dois o três anos, jogando com regularidade, ele deu estabilidade ao time e também à Seleção Brasileira. Ficou muito feliz por ele, que precisou sair do Brasil para ser valorizado. É um dos grandes jogadores da posição no futebol mundial”, disse o volante do City.

Se por um lado o fato de jamais ter perdido sob o comando de Tite é positivo, por outro a Seleção Brasileira se policia para não deixar um revés atrapalhar a preparação para a Copa do Mundo. Ciente de que uma hora o time pentacampeão mundial irá perder, Fernandinho minimizou o possível acontecimento.

“Seria uma situação nova. Acredito em um trabalho maduro quanto a isso, sabemos como é importante um clássico, mas creio que [a derrota] não iria atrapalhar no nosso objetivo principal, que o Mundial do ano que vem. Espero que nosso time faça um bom trabalho e consiga a vitória”, finalizou Fernandinho.

Deixe seu comentário