COPA DO MUNDO 2018 RÚSSIA

Uma das patrocinadoras da Seleção Brasileira, a GOL Linhas Aéreas contratou o atacante Neymar para estrelar a sua campanha publicitária para a Copa do Mundo da Rússia e, de certa forma, abriu mão do garoto-propaganda. A ideia da empresa é propagar que valoriza o tempo dos seus clientes – assim como o de Neymar, poupado dos comerciais para que se dedique à recuperação de uma fratura no quinto metatarso do pé direito.

A campanha da companhia aérea começará a ser veiculada no domingo e foi lançada nesta sexta-feira, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro. Enquanto Neymar descansava, o seu sósia oficial, Gabriel Lucas, entrou em cena ao lado da mascote Canarinho para participar do evento.

Foi Gabriel também o escalado para representar Neymar em dois comerciais televisivos, gravados em um aeroporto uruguaio. Em um deles, o ator chama a atenção por sua habilidade com a bola e só tem a real identidade revelada no final, já dentro do avião. No outro, ele falha ao tentar se passar pelo astro do Paris Saint-Germain em um check-in via reconhecimento facial.

“Sou considerado pelo próprio Neymar o sósia que mais se parece com ele. Tudo o que faço sempre é aprovado por ele”, orgulhou-se Gabriel, que penou nas gravações em que o ídolo não estava presente. “Foi quase uma semana de trabalho. Foi cansativo, mas valeu a pena. Ficou show de bola”, propagandeou, com uma risada idêntica à do atacante.

Corintiano, Gabriel tem 21 anos (Neymar, 26) e viu que poderia fazer da semelhança com o atleta a sua profissão quando ainda era um adolescente. “Foi do nada, há seis anos. Desci para a Baixada com a minha tia e fomos ao treino do Santos. O Neymar tinha aprontado, porque estava suspenso naquele dia. Aí, o pessoal já ficou me olhando, e a imprensa veio toda em cima de mim. Hoje, faço até festa de aniversário como Neymar”, contou.

O dublê, no entanto, não é o único trunfo da campanha criada pela agência AlmapBBDO. Há outros substitutos de Neymar nos vídeos apresentados à patrocinadora da Seleção Brasileira – um bebê, por exemplo, homônimo do jogador. “Eu estava em dúvida entre Neymar e Enzo”, brinca a mãe da criança no vídeo. Chamado de “parça” do atacante, o amigo Gil Cebola também entrou em cena. Assim como o meia Alan, do Palmeiras e das categorias de base da Seleção Brasileira, apresentado como um futuro Neymar.

*O repórter viajou a convite da GOL.



Fora da última convocação de Fernando Santos, treinador da seleção portuguesa, o meia-atacante Rony Lopes soma 11 gols e três assistências desde o começo deste ano, sendo que não passou em branco nas últimas sete partidas. A grande fase vivida pelo camisa 20 do Monaco o mantém esperançoso de fazer parte do plantel de Portugal para a disputa da Copa do Mundo.

Rony marcou nas últimas sete partidas do Monaco (Foto: Loic Venance/AFP)

“Não nego que tenho esperança, mas sei também que é pequena. Sei que é complicado, não participei de nenhum amistoso e há outros excelentes jogadores. Vou fazer meu trabalho e quero dar dores de cabeça ao treinador (Fernando Santos). Estou de consciência tranquila, tenho a certeza de que minha chance na seleção vai chegar”, disse o atleta ao site português O Jogo.

Rony também revelou que não esperava fazer uma temporada tão boa. “Admito que esta temporada está superando minhas melhores expectativas. Esperava que fosse boa, que me tornasse um jogador importante para o time, mas, sinceramente, marcar em sete partidas seguidas, é uma coisa da qual não estava esperando”, completou.

A quantidade de gols marcados impressiona o próprio jogador, que atua mais pelas pontas do que centralizado como um definidor de jogadas. “Todo mundo fala do fato de não ser um atacante e estar fazendo o que tenho feito. Queria ser mais decisivo, marcar mais gols. Estou muito satisfeito, mas não quero parar por aqui, quero prolongar esta boa fase e trabalharei para isso”, finalizou.

O Monaco precisará, e muito, do faro de artilheiro do português, já que enfrenta o Paris Saint-Germain neste domingo, no Parque dos Príncipes, pela 33ª rodada do Campeonato Francês. Caso a equipe parisiense vença a partida, confirma o título da competição.



No dia 21 de junho, a Argentina enfrentará a Croácia, na Arena Volga, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Gleb Nikitin, o governador em exercício da região de Nizhny Novgorod, local da partida, revelou que espera receber mais de cinco mil torcedores Alvicelestes que pretendem apoiar Messi e companhia.

“No ano passado, apenas 135 pessoas da Argentina visitaram Nizhny Novgorod. Porém, este ano esperamos mais de 5 mil”, disse Nikitin.

Mais de 100 mil argentinos vieram para o Brasil na Copa de 2014 (Foto: Adrian Dennis/AFP)

O governador ainda revelou que pretende receber o presidente argentino, Mauricio Macri, para o duelo. “É muito importante para nós que o presidente argentino, Mauricio Macri, planeje vir aqui para a partida de sua seleção e nós, definitivamente, precisamos fazer todo o possível para tornar sua estadia agradável e memorável”

Nizhny Novgorod, cidade que é patrimônio universal da Unesco, sediará um total de seis jogos da Copa do Mundo de 2018, distribuídos em quatro da fase de grupos, um das oitavas de final e um das quartas.

O embaixador da Rússia na Argentina, Viktor Koronelli, disse à agência de notícias TASS que cerca de 15 mil argentinos já compraram ingressos para as partidas da Copa do Mundo e que outros milhares devem vir à Rússia para assistir aos jogos em telões ou em bares.

Antes da Croácia, no dia 16 de junho, a seleção argentina enfrenta a Islândia, em Spartak, na estreia da competição.




Tour do Troféu da Copa do Mundo da FIFA na Costa Rica, em 9 de abril (Foto: Divulgação)

A apenas 64 dias para o início da Copa do Mundo da Rússia, em 14 de junho, a tradicional turnê do troféu da competição está acontecendo e vai visitar 51 países e seis continentes diferentes, permitindo que diversos torcedores vislumbrem o maior prêmio de futebol do mundo. No último dia 9 de abril, ela esteve na Costa Rica.

Esta é a quarta vez que a Fifa organiza a turnê em parceria com a Coca-Cola. A ação foi iniciada em 22 de janeiro de 2018 com uma apresentação oficial em Londres e deve passar por 91 cidades até desembarcar na Rússia. Antes dessa grande viagem, o troféu ficou três meses “passeando” pelo país anfitrião.

O Brasil não é um dos destinos da turnê, mesmo tendo sido a sede do último Mundial. A Fifa, no entanto, assegura que a cada edição, o número de países e cidades no circuito aumenta, garantindo que mais torcedores vejam o troféu de perto. Confira aqui o vídeo da entidade sobre a turnê.



Rakitic sofreu fratura na mão esquerda e passará por operação nesta quarta-feira (Foto: Pau Barrena/AFP)

O croata Ivan Rakitic esteve em campo na última terça-feira pelo Barcelona, na derrota para a Roma na Liga dos Campeões. Durante sua atuação, fraturou a mão esquerda e passará por cirurgia, conforme boletim médico divulgado pelo clube catalão.

O meio-campista fraturou um osso metacarpal de um dedo da mão esquerda e passará por procedimento cirúrgico na noite desta quarta-feira. Após isso, a equipe médica divulgará por quanto tempo o jogador ficará fora de atuação, lembrando que ele disputará a Copa do Mundo pela seleção da Croácia, que está no grupo D, junto com Argentina, Islândia e Nigéria.

Pelo Barcelona, a esperança é que ele atue já no próximo dia 21, contra o Sevilla, pela Copa do Rei, mas não estará presente, pelo menos, contra o Valência e Celta de Vigo, no Campeonato Espanhol. A fratura aconteceu durante a partida contra a Roma, pela Liga dos Campeões, quando os catalães saíram derrotados pelo placar de 3 a 0 e foram eliminados da competição, mesmo com um resultado por 4 a 1 no jogo de ida.



Matija Nastasic (à esquerda), do Schalke 04 e da seleção sérvia, admitiu lesão nesta quarta-feira (Foto:<br /> Axel Heimken/AFP)

O zagueiro sérvio Matija Nastasic, jogador do Schalke 04, da Alemanha, afirmou em entrevista ao site B92, de Belgrado, que ficará semanas sem jogar por conta de uma lesão no joelho e que não sabe se jogará a Copa do Mundo. Sem especificar como e quando se contundiu, o jogador de 25 anos foi substituído no último sábado nos minutos finais da partida entre sua equipe e o Hamburgo, na derrota por 3 a 2.

“Ficaria afastado durante várias semanas depois de lesionar os ligamentos do joelho, mas não sei por quanto tempo ou se me recuperarei a tempo da Copa do Mundo”, desabafou.

Nastasic é peça-chave no esquema defensivo do técnico da seleção sérvia Mladen Krstajic, que precisará quebrar a cabeça caso o zagueiro não esteja apto a disputar o Mundial, que inicia em 14 de junho. A Sérvia está no grupo E, o mesmo de Brasil, Suíça e Costa Rica. A estreia da equipe é no dia 17 de junho contra os costa-riquenhos.



Torcedores brasileiros esperam o hexacampeonato da Seleção (Foto: Rodrigo Buendia/AFP)

A goleada de 7 a 1 sofrida para a Alemanha, na Copa de 2014, parece ter sido superada pelos torcedores da Seleção Brasileira. Segundo estudo realizado, a grande maioria espera uma grande exibição da Canarinho na Copa do Mundo, da Rússia, deste ano.

Segundo a pesquisa da Perception e Engaje! Comunicação, 75% torcedores acreditam que o desempenho será bom, enquanto 24% confiam que será muito bom. Além disso, 60% cravam que o time liderado pelo técnico Tite vencerá a competição e, consequentemente, o sexto título mundial do país.

A pesquisa foi realizada no final de janeiro e contou com a participação de aproximadamente 805 brasileiros, com mais de 18 anos e moradores de todas as regiões do país. Destes, 93% acompanharam a última Copa.

Outra análise da Monitor Satisfação apontou que o Mundial da Rússia deverá contar não apenas com uma torcida otimista, mas também com uma forte audiência. Cerca de 85% dos entrevistados afirmaram que devem acompanhar o torneio, sendo que 49% pretendem assistir não só aos jogos do Brasil, mas também aos de outros países.



Manuel Neuer foi campeão do mundo em 2014 (Foto: Divulgação)

Após ficar quase sete meses sem jogar por causa de uma lesão no pé, o goleiro Manuel Neuer poderá voltar a defender o Bayern de Munique em breve, afirmou o treinador Jupp Heynkes, que irá deixar o clube bávaro no final da temporada.

“A situação atual de Manuel é muito positiva. Sua lesão está 100% curada e agora ele está aumentando a intensidade pouco a pouco. Depois veremos quando ele poderá voltar. Confio que ele pode ser nesta temporada”, declarou o comandante de 72 anos.

O jogador alemão, que foi titular indiscutível do Bayern de Munique e da seleção alemã por muitos anos, lesionou o seu pé no final da última temporada e agravou a lesão durante treino em setembro. Sua última partida foi em 16 de setembro de 2017.

Manuel Neuer passou por nova cirurgia para reparar a lesão e depois passou por um longo programa de recuperação. O Jogador de 32 anos fez seu primeiro treino no campo de futebol em março e na semana passada começou a fazer trabalhos com bola.

Joachim Löw, treinador da Alemanha, tem Neuer como um dos seus homens de confiança, entretanto ele deixou claro que seria importante o arqueiro do Bayern de Munique atuar antes da Copa do Mundo.



Um dos principais pilares da Seleção Brasileira sob o comando de Tite, o zagueiro Miranda é presença certa na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, após ficar de fora dos Mundiais de 2010, na África do Sul, e 2014, no Brasil. Desta vez, no entanto, o zagueiro da Inter de Milão se vê melhor preparado para o torneio.

“Acho que a Copa do Mundo está vindo no melhor momento possível para mim”, disse Miranda ao site da Fifa. “Senti que tinha grandes chances de ir às duas últimas Copas do Mundo, mas eu realmente sinto que estou muito melhor preparado desta vez. Há uma grande diferença”.

Miranda é um dos nomes certos da lista de convocados para a Copa do Mundo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O zagueiro com passagens por São Paulo e Atlético de Madrid também comentou como as características do Brasil de Tite se encaixam em seu estilo de jogo. “Como um defensor e como alguém que gosta muito de tática, eu sei que o que conta acima de tudo é um sistema organizado, com todos seguindo a mesma filosofia. Todo mundo desempenha um papel”.

No entanto, apesar de ser um dos principais nomes da Seleção, Miranda ainda não pensa somente na Copa do Mundo. “Estou pensando só em me preparar bem, estar no meu melhor e ter uma grande campanha com a Internazionale”, disse. “Meu principal objetivo agora é ajudar o time a chegar à Liga dos Campeões“.

A Internazionale de Miranda ocupa a quinta posição do Campeonato Italiano, a um ponto de Lazio e Roma, primeiros times da zona de classificação à Liga dos Campeões. Pela Seleção Brasileira, o zagueiro deve voltar a campo no dia 3 de junho em amistoso contra a Croácia às vésperas da Copa do Mundo.