Futebol/Copa do Mundo Feminina

Marta passa Klose e vira maior artilheira da história das Copas do Mundo

São Paulo , SP
18/06/2019 19:13:32

Em: Brasil, Copa do Mundo Feminina, Futebol, Futebol Feminino, Notícias
Brasileiras comemoram gol que deu vitória ao Brasil e recorde a Marta (Foto: Philippe Huguen/AFP)

Com o gol que garantiu a vitória da Seleção Brasileira contra a Itália na Copa do Mundo Feminina, Marta quebrou mais um recorde no futebol. A craque brasileira alcançou a marca de 17 gols em Copas do Mundo e se tornou a maior artilheira da história do torneio, entre homens e mulheres. Ela passou o alemão Miroslav Klose, que soma 16 tentos em mundiais.

Depois de perder a estreia do Brasil na competição e disputar apenas o primeiro tempo da partida contra a Austrália, a camisa 10 iniciou o jogo contra a Itália como titular. O confronto estava equilibrado e se encaminhava para o empate até que, aos 28 minutos da etapa final, Debinha sofreu pênalti. Marta foi para a cobrança e converteu, garantindo o triunfo brasileiro e o recorde.

No jogo contra as australianas, a jogadora eleita melhor do mundo seis vezes já havia atingido outra marca histórica. Ela se tornou a primeira da história a marcar em cinco edições diferentes da Copa do Mundo, também contando homens e mulheres. Além de 2019, Marta disputou o torneio em 2003, 2007, 2011 e 2015, marcando pelo menos um gol em todos os anos.

Classificada em terceiro lugar, a Seleção Brasileira espera os resultados dos grupos D, E e F para descobrir sua adversária nas oitavas de final. O Brasil pode enfrentar a seleção da França, anfitriã da competição, ou a da Alemanha.




  • Giulliano Lorraine

    Não há comparação! Um é futebol masculino e outro feminino. Cada um compete entre os pares dos respectivos gêneros. E convenhamos, não há comparação entre os futebóis. Os jogos que tenho visto na copa feminina, as goleiras levam cada gol, e há muito jogo ruim, incluindo o da seleção brasileira que não deve passar na próxima fase. Depende muito da inspiração da Marta.
    Futebol feminino ainda tem que evoluir muito para comparar ao futebol masculino.
    Mas estão caminhando bem para melhorar, mas qualquer comparação é extremamente equivocada!