Filho de Ronaldo acha graça de comentários do pai no Mundial

Bruno Ceccon* - São Paulo,SP

29-06-2018 09:00:35


O jovem Ronald Domingues não é um grande fã de futebol, mas tem acompanhado as partidas da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia. Filho do ex-centroavante Ronaldo, o DJ se diverte com os comentários feitos pelo pai nas transmissões da TV Globo.

“Pela correria de trabalho em que estamos, acabamos não nos vendo tanto durante o ano. É bem difícil encontrá-lo. Então, quando o vejo pela televisão, acho bem engraçado. Vou concordando, discordando e batendo boca com ele. Sei que não está me escutando, mas vou batendo boca”, contou Ronald, sorridente.

Aos 18 anos de idade, o jovem vem investindo em sua carreira como DJ. Na última quarta-feira, acompanhado pela mãe Milene Domingues, ele discotecou no intervalo da vitória da Seleção sobre a Sérvia em um voo operado pela Gol Linhas Aéreas, patrocinadora da CBF.

Ronald foi convidado pelo pai para acompanhar a Copa do Mundo na Rússia, mas recusou por compromissos profissionais, já que estará na Europa a trabalho durante o torneio. Nos raros encontros com Ronaldo, o futebol não costuma entrar na pauta, conta o jovem.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Sempre que estamos juntos, aproveitamos o tempo para conviver e não conversamos sobre trabalho. Quando está comigo, ele quer descansar. Mas falamos muito sobre música, ele gosta bastante do trabalho que tenho feito. Conversamos também sobre família e ele me passa valores que acabam sendo ensinamentos para mim”, explicou.

Ronald terá uma nova chance de se divertir com os comentários do pai às 11 horas (de Brasília) desta segunda-feira. Em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, a Seleção Brasileira volta a campo para enfrentar o México, em Samara.

“Não acompanho muito futebol, mas, pelo que tenho visto dos jogos e ouvido das pessoas, é rumo ao hexa que vamos. Estou torcendo demais e assistindo todas as partidas, como brasileiro que sou”, declarou o herdeiro de Ronaldo, campeão mundial em 1994 e 2002.

*O repórter viajou a convite da Gol Linhas Aéreas

Deixe seu comentário