Sem Honda, Botafogo encara o Boavista

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

29-02-2020 20:00:00

Honda ainda não pode estrear pelo Botafogo. Foto: Vitor Silva / Botafogo

O Botafogo não foi bem na Taça Guanabara e acabou eliminado de forma precoce. Neste domingo, os alvinegros estreiam na Taça Rio, contra o Boavista, no Nilton Santos.

O técnico Paulo Autuori teve tempo para trabalhar com o elenco após a classificação na Copa do Brasil. Mesmo assim, os botafoguenses sabem que não podem tropeçar no segundo turno para evitar uma nova eliminação antes das semifinais no segundo turno do Estadual.

"Nós sabemos que a Taça Rio é uma competição com poucos jogos, que não permite uma reação em caso de tropeços. Dessa maneira, a estreia contra o Boavista cresce muito em importância. Ainda mais porque vamos jogar em casa. É um rival muito perigoso e se tropeçarmos já vamos largar em desvantagem. A ordem é manter a concentração em alta e trabalhar para fazer o nosso jogo fluir da melhor maneira possível", disse o goleiro Gatito Fernández.

O zagueiro Ruan Renato foi outro que destacou a importância da vitória dentro de casa na primeira rodada.

"É sempre importante começar bem uma competição de tiro curto como é a Taça Rio. Sabemos que não podemos perder pontos, ainda mais jogando dentro de casa. Por isso, o jogo contra o Boavista é muito importante", declarou.

Ruan Renato destaca importância de um bom começo de Taça Rio

Para esta partida, a ausência será o japonês Honda, que não foi regularizado a tempo. O meia vem treinando normalmente, mas espera a documentação necessária para poder entrar em campo.

Já o Boavista chega a Taça Rio como vice-campeão da Taça Guanabara. A equipe da Região dos Lagos está motivada para manter a boa campanha no Estadual para estar presente nas finais do segundo turno.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X BOAVISTA
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1º de março de 2020, domingo
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Renato Moreira Coelho
Assistentes: Michael Correia e Guilherme Vogas Tavares

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato e Guilherme Santos; Thiaguinho, Alex Santana e Bruno Nazário; Luiz Fernando, Luís Henrique e Pedro Raul
Técnico: Paulo Autuori

BOAVISTA: Klever, Wellington Silva, Douglas Pedroso, Elivelton e Jean; Fernando Bob, Erick Flores, Jefferson e Michel; Tartá e Caio Dantas
Técnico: Paulo Bonamigo

Deixe seu comentário