Dirigente do Botafogo não faz previsão para pagar salários atrasados

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

04-09-2019 19:56:29

Com dois meses de salários atrasados para jogadores e funcionários, o Botafogo não vê muitas perspectivas para que os problemas financeiros sejam resolvidos em curto espaço de tempo. Em entrevista concedida nesta quarta-feira à Rádio Brasil, o vice-presidente de finanças do Alvinegro de General Severiano, Luiz Felipe Novis, afirmou que não existe previsão para o pagamento dos vencimentos.

Novis garantiu que a diretoria está procurando alternativa para tentar resolver a questão e disse que essa é a prioridade no momento. Para o dirigente, o Botafogo sofreu uma queda de receitas, principalmente dos contratos com a televisão, e isso desequilibrou as finanças. Ele ainda afirmou que o presidente e todos os vice-presidentes estão focados para resolver esse problema que aflige a todos.

A crise é tão grande que muitos funcionários do Botafogo não compareceram ao trabalho na sede de General Severiano. O Glorioso não tem conseguido cumprir seus compromissos em relação ao vale-transporte e vale-refeição, o que aumenta os problemas de quem precisa pegar transporte e se alimentar. Alguns jogadores estão ajudando financeiramente os mais necessitados.

Na última terça-feira, a água do Estádio Nilton Santos foi cortada por falta de pagamento. O Botafogo contou com a ajuda de Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente, para quitar três contas atrasadas junto à CEDAE para normalizar a situação.


Deixe seu comentário