Futebol/Mercado

Botafogo aguarda liberação de verbas para renovar com Jefferson

GazetaEsportiva.net - Rio de Janeiro, RJ -
02/01/2015 17:36:00

Em: Botafogo, Campeonatos, Futebol, Região Sudeste

Um dos poucos a se destacar na temporada botafoguense em 2014, quando o clube acabou novamente rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, o goleiro Jefferson deve permanecer em General Severiano. O Fogão espera apenas a liberação das verbas, consequência do retorno ao Ato Trabalhista, para quitar uma dívida de R$ 2 milhões com o camisa 1 e estender o contrato do atleta por mais três anos.

Questionado sobre as negociações para manter o arqueiro titular no plantel da Estrela solitária, o presidente Carlos Eduardo Pereira, substituto de Maurício Assumpção, deu detalhes sobre a possível permanência do arqueiro. Ídolo alvinegro, o defensor da meta carioca foi sondado por outros clubes brasileiros, mas deu preferência ao Fogão, mesmo com o descenso para a Segunda Divisão sacramentado.

“Estamos no aguardo do dinheiro para acertarmos a dívida que temos com ele e firmarmos um novo contrato, até 2017. Temos conversado constantemente com os representantes do jogador. Não estamos trabalhando com uma promessa, mas sim com um fato. Estamos de volta ao Ato Trabalhista, apenas aguardando a emissão dos ofícios para termos acesso à nossas receitas”, comentou Pereira, em entrevista ao jornal Extra.

Jefferson recebeu o prêmio Craque do Brasileirão como melhor goleiro da Série A (Foto: Luciano Belford/SS Press)
Jefferson recebeu o prêmio Craque do Brasileirão como melhor goleiro da Série A (Foto: Luciano Belford/SS Press) – Credito: Divulgação/Botafogo F. R.
Contratado para ser o novo gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes se mostrou otimista com a sequência de Jefferson em domínio alvinegro. Ainda que enfático, o dirigente expôs confiança com o desfecho das negociações, em entrevista ao SporTV: “Tenho quase certeza de que vai ficar”.

Mesmo com a representação de General Severiano terminando a Primeira Divisão na penúltima posição, com apenas 34 pontos ganhos em 38 compromissos disputados, o camisa 1 teve uma temporada destacada em 2014. Além de ser coroado como melhor goleiro do Campeonato Brasileiro, ele conquistou o Superclássico das Américas com a Seleção Brasileira. Na vitória sobre a Argentina por 2 a 0, em Pequim-CHI, o arqueiro defendeu um pênalti cobrado por Lionel Messi.