Futebol/Campeonato Paranaense

Preparador do Furacão promete time sub-23 em bom nível

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba, PR -
06/01/2015 21:55:00

Em: Atlético-PR, Campeonato Paranaense, Futebol, Região Sul

A equipe sub-23 do Atlético Paranaense, que já se reapresentou para a pré-temporada visando a disputa do Campeonato Paranaense, vai aproveitar os primeiros dias no CT do Caju para cuidar da parte física, sempre abaixo do ideal após as férias. O responsável por recuperar os atletas será o preparador Edy Carlos, que evita projetar um prazo para o Furacão estar 100%, mas promete um time preparado para o desafio.

“Não gosto muito de falar em percentual, pois é algo relativo. Mas acredito que vamos chegar as primeiras rodadas da competição com uma condição de poder jogar num nível bom para o clube hoje”, afirmou o preparador, que após as avaliações vai partir para os trabalhos físicos, possivelmente a partir de sexta-feira. “Devemos terminar as avaliações e aí já vamos partir para o campo para trabalhos físicos, técnicos e táticos integrados”, explicou.

Edy Carlos ainda pontuou que o primeiro passo para determinar o ritmo dos treinamentos e os trabalhos individuais está exatamente nessa análise laboratorial realizada nos primeiros dias. “Começamos com as avaliações de laboratório. Depois, vamos para as avaliações de campo para ver em que situação o grupo se encontra nesse primeiro momento. Depois que fizermos este diagnóstico, vamos criar as situações de treinamento para que possamos suprir as necessidades e deficiências do elenco”, disse.

Os trabalhos individuais, aliás, são vistos pelo preparador como uma técnica fundamental para agilizar o trabalho, já que dia 1º de fevereiro já tem jogo pelo Estadual. “Pretendemos trabalhar de uma maneira mais individualizada com os atletas, vendo as deficiências de cada um, para supri-las da melhor maneira e o mais rápido possível. Mas isso é algo gradativo. Obviamente que os atletas melhorarão e chegarão a um nível ainda melhor no decorrer da competição”, concluiu.