Por arbitragens em jogos do Atlético-MG, Sérgio Coelho e Victor fazem reunião na CBF

São Paulo, SP

13/07/22 | 18:41

O Atlético-MG está na bronca com a arbitragem depois de suas partidas mais recentes pela Série A do Campeonato Brasileiro. O clube julga que sofre com falhas e falta de critério dos juízes em campo. Por conta disso, representantes da diretoria alvinegra, entre eles o presidente Sérgio Coelho e o ex-goleiro Victor, fizeram reunião com representares da CBF na sede da entidade.

''A diretoria do Galo, representada pelo presidente Sérgio Coelho, o diretor de Comunicação André Lamounier e o gerente de futebol Victor Bagy, visitou a CBF hoje, e foi recebida de forma muito cordial pelos diretores de Competições, Júlio Avelar e de Comunicação, Rodrigo Paiva'', comunicou o clube.

Segundo o Atlético-MG, as conversas entre seus diretores e representantes da CBF foi de ''altíssimo nível''. O clube ainda preparou um vídeo de pouco mais de seis minutos com diversos lances e decisões da arbitragem que julga polêmicos.

“Não questionamos a intencionalidade, mas a falta de critério em relação a lances muito assemelhados”, contou o presidente Sérgio Coelho sobre o conteúdo da reunião.

Dentro de campo, o Atlético-MG já tem tudo pronto para enfrentar o Flamengo, no Maracanã, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, no Mineirão, a equipe de Antonio Mohamed venceu por 2 a 1 e chega em vantagem para a partida, que se inicia às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Confira a nota divulgada pelo Atlético-MG na íntegra:

A diretoria do Galo, representada pelo presidente Sérgio Coelho, o diretor de Comunicação André Lamounier e o gerente de futebol Victor Bagy, visitou a CBF hoje, e foi recebida de forma muito cordial pelos diretores de Competições, Júlio Avelar e de Comunicação, Rodrigo Paiva.

Como já era esperado, as conversas entre a diretoria alvinegra e os representantes da entidade máxima do futebol brasileiro ocorreram em altíssimo nível.

O encontro teve como pauta as falhas de arbitragem que têm prejudicado o Atlético nas competições nacionais. “Não questionamos a intencionalidade, mas a falta de critério em relação a lances muito assemelhados”, disse Sérgio Coelho. 

 

Deixe seu comentário