Futebol/Mercado

Levir Culpi elogia armador Cárdenas e Atlético-MG recusa oferta por Carlos

Do correspondente Wanderson Lima - Belo Horizonte , MG -
30/01/2015 18:40:00

Em: Atlético-MG, Futebol

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, declarou nesta semana que o Galo não fechou o ciclo de contratações, mas que busca apenas reforços pontuais. Um dos atletas que podem desembarcar na Cidade do Galo é o armador Cárdenas, que defende o Atlético Nacional-COL. O técnico Levir Culpi elogiou o atleta, porém, entende que é negociação é difícil.

“Realmente, ele é bom jogador, todo mundo acompanha, mas ele tem um procurador ótimo, que coloca ele em evidência de uma maneira que está superando um pouco até a nossa expectativa. Não tenho o nome dele assim cravado para a gente contratar”, disse Levir Culpi em entrevista ao canal ESPN Brasil.

O treinador atleticano deixa claro que é uma transação que se acontecer deverá ser apenas no futuro. “É uma situação que não vai ser definida agora. A menos que haja uma situação muito interessante. A gente está de olho no mercado, mas o Atlético-MG tem uma base muito sólida. Estamos com 35 jogadores, praticamente três times. Temos que pensar nisso um pouco, não adianta pensar só no reforço”, comentou.

Se Cárdenas pode chegar, o nome de Carlos foi especulado para deixar o Atlético-MG rumo ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Os europeus teriam oferecido R$ 15 milhões pelo atacante alvinegro, proposta recusada pela diretoria do Galo entendendo que os valores são muito baixos.

O meia Cárdenas, pretendido pelo Atlético-MG, foi elogiado por Levir Culpi, mas a negociação deve ser difícil
O meia Cárdenas, pretendido pelo Atlético-MG, foi elogiado por Levir Culpi, mas a negociação deve ser difícil – Credito: Divulgação

Treinamento: O técnico Levi Culpi comandou treinamento coletivo nesta sexta-feira, na Cidade do Galo, e o time titular teve apenas uma mudança em relação a equipe que vem treinando desde o início da semana. O lateral-esquerdo Douglas Santos sentiu dores no tornozelo e deu lugar para Pedro Botelho, passando a ser dúvida para estreia do Mineiro, domingo, contra o Tupi, no Independência.