Fábio Santos critica demissões de treinadores e admite ver Cruzeiro à frente

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte,MG

20-03-2018 14:52:32

Fábio Santos admite que o Cruzeiro está à frente do Galo (Foto: Bruno Cantini/Atlético MG)

Destaque em campo em 2018, Fábio Santos também é conhecido por suas boas entrevistas. Nos momentos de crise, geralmente ele é um dos poucos a aparecer e conversar com os jornalistas. Com o Galo em momento questionável, Fábio Santos admite que o maior rival em Minas Gerais está "um pouco a frente".

"Acho que é notório que o Cruzeiro está um pouco na frente, pela questão da continuidade do trabalho do Mano (Menezes), que já vem com essa equipe há um ano e pouco, dois anos. E eu estou aqui há quase dois anos, vou completar no meio do ano os dois anos, e já estou no meu quarto ou quinto treinador. Essa mudança realmente dificulta bastante”, destacou o volante em entrevista ao SporTV.

Os treinadores falados por Fábio são: Marcelo Oliveira, Diogo Giacominni, Roger Machado, Rogério Micale, Oswaldo Oliveira e Thiago Larghi. Para Fábio, as repetidas trocas atrapalham a sequência do trabalho.

"Para você assimilar vários trabalhos é complicado. Quando você está começando a assimilar um trabalho, existe a mudança. Isso não é bom. O campeão da Copa do Brasil ano passado foi um treinador que está há mais tempo no cargo, o campeão brasileiro, que foi o Corinthians, também tem o (Fábio) Carille, que está há um pouco mais de tempo no cargo. Então não vejo o Cruzeiro mais forte, mas vejo a equipe do Cruzeiro, de repente, mais pronta que a nossa”, finalizou.

Deixe seu comentário