Futebol/Libertadores

Wellington mostra confiança em virada do Furacão na Argentina

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR
30/07/2019 00:22:27

Em: Athletico-PR, Futebol, Libertadores, Notícias
Jogador chegou ao clube no momento da arrancada em 2018 (Miguel Locatelli/CAP)

O Athletico Paranaense tentará nesta quarta-feira reverter a vantagem do Boca Juniors no segundo jogo das oitava de final da Libertadores da América e, para isso, conta com a base construída na última temporada para seguir na caminhada na busca pelo título inédito. No clube há pouco mais de um ano, Wellington chegou no momento de ascensão, que culminou nessa partida decisiva e em uma mudança em sua própria carreira.

“A minha chegada foi no momento da virada do Athletico. Fico feliz de completar um ano e espero continuar fazendo história. Eu tive que me readaptar, vamos dizer assim, ao estilo do Tiago, do que o time pede e de estar sempre em movimento. Tanto jogando para trás, como para frente. Isso exige muito as partes física, mental e técnica. É um momento muito bom da minha carreira”, o volante.

Com uma verdadeira maratona de jogos decisivos, o jogador admite que está sendo desgastante, mas quem está entrando tem conseguido manter o padrão de jogo do Rubro-Negro. “Com esse calendário, não é fácil jogar todos esses jogos em tão pouco tempo. Mostra evolução, comprometimento e que o staff do clube é eficiente”, avaliou.

Wellington, exaltando a força do elenco, garante vai confiante para buscar a classificação em Buenos Aires. “Já demonstramos até para nós mesmos que somos capazes de jogar de igual para igual com qualquer time. O grande craque do nosso time é o grupo. E o grupo está confiante”, concluiu.