Pablo lamenta confusão entre torcidas de Athletico-PR e Juventude e cobra "um pouco de consciência"

São Paulo, SP

08/06/22 | 21:31 - 08/06/22 | 21:33

Nesta quarta-feira, o Athletico-PR venceu o Juventude por 3 a 1 e assumiu momentaneamente a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Durante o jogo, porém, o Furacão não contou com sua torcida devido a uma confusão que aconteceu antes da bola rolar. Pablo lamentou o ocorrido e desabafou.

"Pena o que acontece fora do estádio. Isso eu tenho que falar, porque a gente viveu muito tempo sem a torcida fora do estádio e hoje que é legal ter um ambiente. Jogando em casa, aquele ambiente fervoroso, jogando fora, um clima mais hostil, é gostoso, futebol é isso, a torcida faz parte do futebol", disse o atacante ao Premiere.


Para Pablo, o futebol precisa de mais paz e amor ao próximo.

"A gente pede que parem de brigar, que tenham um pouco de consciência, amor ao próximo. Enfim, é triste, triste ver essas pessoas ainda brigando, espero que comecem a tomar um pouco de consciência, colocar a cabeça no travesseiro a noite e pensar 'vou lá, vou curtir o jogo, vou aproveitar o espetáculo e não brigar', porque acho que isso não é o futebol e o futebol é muito mais bonito que briga de torcedores. Espero que isso possa parar no nosso futebol, porque o nosso futebol é tão bonito e precisa de paz, esperamos ter um pouco de paz, pelo menos", desabafou.

Com a bola rolando...

Após a confusão, o Athletico-PR conseguiu a vitória mesmo sem sua torcida. Ainda no primeiro tempo, o time saiu atrás, mas buscou o empate com gol de Pablo. Na segunda etapa, Terans e Vitor Bueno confirmaram a virada.

"Com certeza. A vitória é importantíssima. Jogar aqui é muito difícil, você já viu grandes equipes chegando aqui e perdendo, Flamengo, se eu não me engano ano passado, Fluminense agora. Enfim, muito difícil jogar aqui", disse Pablo, valorizando o resultado.

O resultado coloca o Furacão na vice-liderança provisoriamente, com 16 pontos. No entanto, o time pode ser ultrapassado ainda nessa rodada.

Deixe seu comentário