Felipão destaca jovem Vitor Roque no Athletico-PR

São Paulo, SP

29/05/22 | 23:00

O Athlético Paranaense venceu o Cuiabá por 1 a 0 neste domingo, na Arena Pantanal, com o gol marcado por Vitor Roque. Foi o primeiro do atleta pela Série A do Campeonato Brasileiro, o que fez com que o treinador Felipão não poupasse elogios ao jovem.

“O pior jogador para um zagueiro enfrentar é o centroavante atarracado, baixinho, que proteja bem a bola, que seja velocista e que saia para trabalhar essa bola. São as valências que ele possui. Ele vai ter problemas, como todo atleta tem, por mais um ano, dois anos. Só que ele vai, pelo jeito, acrescentar muitas coisas dentro do trabalho que ele ainda não possui, por ser jovem”, disse o experiente treinador.

Felipão disse que vê o atacante de 17 anos como uma peça importante dentro do elenco.

“Essa atuação significa que o grupo vai passar a valorizar ainda mais a figura do Vitor Roque e sua participação em campo. Vai dar ao grupo e a ele mais tranquilidade para desenvolver o futebol que ele tem. Ele terá um pouco mais de possibilidades de jogar à medida que a gente for formatando a equipe. Porque eu não posso ter só onze. Ele mostrou hoje outra qualidade, que a gente nem imaginava. É mais um jogador que a gente vai confiar nos jogos que teremos pela frente”, ressaltou.

Comandado por Felipão, Vitor Roque comentou sobre o sentimento em marcar seu primeiro gol no Campeonato Brasileiro

"A sensação é de alívio, só eu sei o que passei por essa sequência sem marcar. É bom marcar com essa camisa maravilhosa.", disse o destaque da partida em entrevista ao Premiere. "[O Cuiabá] é uma equipe bem qualificada, viemos respeitando, mas com a missão de ganhar. O lance do gol foi de uma bola rebatida, nem olhei, bati e saí para o abraço", completou o atacante.

Vitor Roque chegou ao Furacão há pouco mais de um mês e, mesmo com pouca idade, já entrou em cinco jogos do Brasileirão. O ponta direita saiu do Cruzeiro, clube que lhe formou em sua base, por cerca de R$ 24 milhões.


Deixe seu comentário