Bruno Mota se anima com estilo de trabalho de Cristóvão no Furacão

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

12-10-2015 14:56:21

 

A chegada de Cristóvão Borges ao Atlético Paranaense casou com a paralisação do Campeonato Brasileiro para disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo e deu tanto para o técnico quanto aos jogadores tempo razoável de troca de experiências, além da chance de conhecer o trabalho um dos outros. O meia Bruno Mota gostou do início de trabalho e acredita que a chegada do treinador dará um novo gás para a reta final da temporada.

“Foi um período muito bom. Ele é uma pessoa bem tranquila e que vai nos ajudar muito neste final de temporada”, avaliou o jogador rubro-negro, que vê no comandante alguém que entende a cabeça dos atletas por já ter sido jogador também. “O Cristóvão sabe lidar com o grupo, conversa e orienta muito. Ele jogou também e entende muito o nosso lado”, completou.

Parte da ala jovem do elenco do Furacão, o meia ainda destaca as conversas do treinador no sentindo de dar confiança e ajudar na mescla com os mais experientes. “Ele tem ajudado muito. Sabe a hora de cobrar e a hora de conversar. Então, será importante para os mais novos. No meu caso, como é o primeiro ano no profissional, ele tem ajudado e dado dicas. Com certeza, vai colaborar com o grupo”, avaliou.

Nesta quarta-feira, o desafio será interromper uma sequência de cinco derrotas na competição e, diante do Cruzeiro, dar a Cristóvão uma estreia vitoriosa. Porém, o duelo promete ser complicado. “Será um jogo muito difícil. A equipe do Cruzeiro é muito qualificada, mas temos que buscar a vitória. O Atlético é grande e em casa precisa vencer. Vamos ver o que o Cristóvão nos passará, para neutralizar os pontos fortes do Cruzeiro”, finalizou.

Deixe seu comentário