Gazeta Esportiva

Messi comemora vitória e detona árbitro da partida contra a Holanda

São Paulo, SP

09/12/22 | 20:12 - 10/12/22 | 14:15

Lionel Messi criticou a arbitragem do duelo entre Argentina e Holanda pelas quartas de final da Copa do Mundo nesta sexta-feira. O craque argentino marcou o segundo gol da sua equipe na partida, mas viu os holandeses empatarem o jogo no último minuto.

A Argentina chegou a abrir 2 a 0, mas Wout Weghorst marcou duas vezes e levou a partida para a prorrogação. Seu segundo tento saiu após uma falta, cobrada com uma jogada ensaiada que resultou no empate, aos 56 minutos do segundo tempo.

Ao ser questionado sobre o sentimento após o acontecido, Messi lamentou e fez críticas duras ao árbitro da partida, o espanhol Antonio Mateu.

"Ficamos muito tristes, porque não era para terminar desse jeito. Assim era o árbitro. A gente não pode falar muito, não podemos ser sincero, porque depois ele mostra um cartão. A gente viu o que aconteceu. A gente sabia o que significava aquele momento. Não pode colocar um árbitro deste jeito para este tipo de jogo, para uma partida de tanta grandeza, de tanta importância, um árbitro que não esteja à altura", disse o camisa 10.

Messi não deixou de elogiar sua seleção. Segundo o meia, a Argentina "quer ser protagonista" e por isso merece estar na semifinal. A "vontade" e o "sonho" são alguns motivos pelos quais os argentinos estão entre as quatro melhores do torneio.

"Porque demonstra partida a partida que sabe jogar. Que cada partida joga com a mesma intensidade e que sempre vai buscar o adversário. Que quer ser protagonista. Entende o momento da partida e o momento que dá pra jogar, joga. Porque corre todo mundo. Tem muita vontade, muito sonho. Por isso a gente está com essa alegria para gente, para toda essa torcida que nos acompanha sempre", explicou o jogador do Paris Saint-Gemain.

O próximo desafio da Argentina será na terça-feira, às 16h (de Brasília). Os sul-americanos encaram a Croácia, que eliminou o Brasil nesta sexta, em busca de uma vaga na final da Copa do Mundo do Catar. Na última vez que alcançaram as semifinais do torneio, em 2014, no Brasil, os argentinos avançaram para a decisão, mas foram derrotados pela Alemanha.


Deixe seu comentário