Canadense Andre De Grasse conquista o ouro nos 200 metros em Tóquio

AFP - São Paulo,SP

04-08-2021 10:27:19

Nesta quarta-feira, o canadense Andre De Grasse venceu a prova dos 200 metros nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele completou a corrida em 19s62, novo recorde de seu país.

Com o resultado, o canadense sucede Usain Bolt como o campeão olímpico da prova, que foi dominada pelo jamaicano em Pequim-2008, Londres-2012 e Rio-2016.

De Grasse, de 26 anos e que levou a medalha de bronze nos 100 metros em Tóquio, conseguiu superar na reta final da prova dois americanos. Kenneth Bednarek, com 19s68, foi prata, enquanto o atual campeão mundial Noah Lyles faturou o bronze (19s74).

Outro americano, Erriyon Knighton, de apenas 17 anos e considerado uma possível superestrela da prova, ficou em quarto lugar (19s93).

À direita, Erriyon Knighton, jovem atleta destaque dos Estados Unidos. (Foto: Giuseppe Cacace/AFP)

O jovem adolescente da Flórida bateu os recordes juvenis de Bolt e corre habitualmente mais rápido que o lendário “Raio” quando ele tinha sua atual idade.

Andre De Grasse consegue finalmente dar o grande salto para a medalha de ouro. Com sua melhor marca pessoal, se tornou o oitavo homem mais rápido de todos os tempos nos 200 metros.

Nos Jogos do Rio, em 2016, ele foi medalhista de prata nos 200 metros, superado apenas por Bolt. Na edição olímpica disputada no Brasil, também levou o bronze nos 100 metros e no revezamento 4x100m.

Além dos três pódios no Rio de Janeiro, o canadense soma as duas medalhas (ouro e bronze) já conquistadas em Tóquio-2020.

No Mundial de Doha, em 2019, De Grasse acreditava que conquistaria o título da prova, com Bolt aposentado desde 2017, mas esbarrou na ocasião no fenômeno Lyles, que estava em ótima forma e venceu a final disputada no Catar. O velocista canadense teve que se confirmar, novamente, com a prata.

Lyles chegou aos Jogos de Tóquio como o favorito da prova, mas foi superado no fim da reta pela aceleração de De Grasse e Bednarek.

Deixe seu comentário