Mais Esportes

Brasileiro gastará pelo menos R$ 3.500 para assistir aos jogos Olímpicos

São Paulo , SP
18/07/2019 11:30:19

Em: Mais Esportes, Notícias, Olimpíadas 2020

Falta cerca de um ano para o início das Olimpíadas em Tóquio, no Japão, mas se você quiser estar presente por lá, vai ter que desembolsar cerca de R$ 3.500 pela viagem, considerando uma renda média mensal de R$ 2500 por pessoa.

Considerando o início das vendas dos tickets de cada partida, o Cuponation, plataforma de descontos online, realizou um levantamento de quanto duas pessoas irão gastar com a viagem ao país que sediará os Jogos Olímpicos, entre os dias 24 de julho e 9 de agosto. O casal gastará pelo menos R$ 7.456,82 nesta “brincadeira”.

(Foto: Reprodução)

Uma viagem nunca é barata, principalmente quando ela é  para o outro lado do globo. Gastos com passaporte, visto, hospedagem, passagens aéreas, alimentação, transporte no local e ingresso de jogo são essenciais na hora de fazer o orçamento do seu roteiro sem desembolsar  mais que o necessário. O Cuponation fez análises com informações de cada elemento citado acima, calculando uma viagem para dois adultos com base na renda média de um casal brasileiro (segundo dados do IBGE). 

O primeiro passo seria tirar o passaporte, que requer um gasto de R$ 257,25 por pessoa. O visto para o Japão é obrigatório, portanto, é necessário pagar uma taxa de serviço de R$ 161 (imposto incluso) ao solicitá-lo e outra na retirada no valor de R$97, também por pessoa. 

Pesquisando em três plataformas de viagens diferentes, a Cuponation constatou que os preços de passagem aérea econômica saindo de São Paulo a Tóquio mais hospedagem para 2 adultos (os poucos divulgados e mais próximos dos jogos) são em média de R$ 5.500 para quatro diárias no país asiático. Como as viagens do Brasil para o Japão costumam durar em torno de 30 horas, os sites de viagens e os hotéis não estão disponibilizando pacotes para menos de 3 dias no país. 

Caso o casal opte por dormir em Airbnb, o preço da hospedagem pode cair até pela metade do preço. Se o pacote da viagem inteira for cotado e fechado por uma agência de viagens, o dólar pode acabar influenciando nos valores finais. Já em relação à alimentação, segundo o site de viagens Quanto Custa Viajar, o preço médio de três refeições econômicas por dia no japão seria de 1.802,2 Ienes, ou R$ 112,32. Veja mais no infográfico interativo do Cuponation para saber quanto custa cada refeição do dia e as modalidades apresentadas.

Ao pesquisar sobre locomoção no país, foi notado que o preço do ticket unitário do transporte público no Japão é R$ 7,50 (210,00 Ienes) e o valor médio de uma corrida de 1 hora de táxi custa em torno de R$ 124,96 (3.500,00 Ienes), de acordo com dados atualizados de maio de 2019 pela Precios Mundi. Se um casal usar o transporte público duas vezes ao dia, sendo uma ida e uma volta, gastarão R$ 30. 

Por fim, foi pesquisado sobre o preço de cada jogo e modalidade que acontecerá durante as olimpíadas. Conforme a primeira divulgação de valores feita pelo Comitê dos Jogos Olímpicos em Tóquio e supondo que esse casal irá em dois dos jogos mais baratos, sairia R$ 89,26 para cada pessoa cada jogo. Ou seja, quase R$ 200 por jogo para duas pessoas. 

No total, e calculando as despesas mais baratas citadas na análise da plataforma, esse casal pagará em torno de (e no mínimo) R$ 7.456,82 na viagem para o Japão.  Considerando que o casal guarde metade do salário de cada um por mês, em três meses conseguirá o valor total, sem gastos extras, como lembrancinhas, por exemplo. Caso o casal consiga reservar apenas R$ 625 por mês, terão o dinheiro total da viagem em seis meses. 

É válido lembrar que cada preço pode variar de acordo com a valorização ou desvalorização das moedas brasileira e japonesa e que a pesquisa de valores foi feita com o dólar cotado durante o mês de junho, ou seja, a tabela oficial do custo de cada jogo do campeonato ainda não havia sido liberada. No entanto, segundo o próprio Comitê Olímpico japonês, os valores de tabela estimada e da oficial não seriam tão diferentes.