Gazeta Esportiva |

Keila Costa decepciona e faz pior marca no salto em distância feminino

Em Atletismo, Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Publicado em 16/08/2016 23:45:25 Compartilhe
São Paulo , SP
Keila Costa não obteve seu melhor desempenho no Engenhão (Foto: Adrian Dennis/AFP)
Keila Costa não obteve seu melhor desempenho no Engenhão (Foto: Adrian Dennis/AFP)

 

A noite desta terça-feira não foi boa para o salto em distância feminino brasileiro. As duas representantes do País na modalidade não tiveram bons desempenhos e ficaram pelo caminho na fase classificatória. Keila Costa, principal nome entre as mulheres do Brasil, decepcionou e amargou a 38ª posição geral, a última entre todas as atletas.

No grupo A das classificatórias, Keila Costa começou saltando 5,86m, que seria sua melhor marca. Nos dois saltos restantes, a brasileira anotou 5,73m e 5,79m, resultados insuficientes para garantir a classificação para a final.

Eliane Martins, a outra brasileira na disputa do salto em distância, também não conseguiu a vaga para a próxima fase. No grupo B das classificatórias, a atleta começou saltando 6,33m. No segundo salto, Eliane marcou 6,24m, mas se machucou na aterrissagem e teve de ser retirada na cadeira de rodas. Depois do susto, ela voltou para o terceiro salto, mas a marca de 6,30m não foi suficiente.

A sérvia Ivana Spanovic se classificou na primeira posição geral, com a marca de 6,87m, e chega para a final como favorita à medalha de ouro. A alemã Malaika Mihambo (6,82m) foi a segunda e a norte-americana Brittney Reese (6,78) foi a terceira. Completam a lista de finalistas a estoniana Ksenija Balta, a norte-americana Tianna Bartoletta, a nigeriana Esse Brume, as britânicas Lorraine Ugen e Jazmin Sawyers, a russa Darya Klishina, a australiana Brooke Stratton, a ucraniana Maryna Bekh e alemã Sosthene Moguenara.

Brasileiros não avançam nos 110m com barreiras

Os brasileiros também não foram bem na prova dos 110m com barreiras. Nas semifinais, João Vitor de Oliveira e Eder Antonio Souza não conseguiram se classificar. O primeiro correu na segunda série eliminatória e, com o tempo de 13s85, foi o último de sua bateria. Na classificação geral, ficou na 22ª posição.

Já Eder Antonio Souza, que correu na terceira bateria, acabou desclassificado e não teve seu tempo (25s56) computado. O atleta cometeu duas faltas ao se atrapalhar no salto das barreiras e foi eliminado.

Mahau Suguimati cai nas semifinais dos 400m com barreiras

O brasileiro Mahau Suguimati fez o tempo de 49s77 nos 400m com barreiras e não se classificou para a final da prova. Competindo na segunda bateria das semifinais, o corredor ficou na oitava posição. Na classificação geral, Suguimati foi o 22º colocado.

Apesar da eliminação na semifnal dos 400m com barreiras, Mahau Suguimati demonstrou bom humor. “Pelo menos eu senti que até a sétima barreira estava em primeiro, porque não dava para olhar para ninguém. Foi gostoso de correr na raia 8”, disse ao Sportv.

Comente