Gazeta Esportiva |

Italiana com dupla nacionalidade garante vaga pelo Brasil na esgrima

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Atualizado em 21/03/2016 - 19:57:59 Compartilhe
São Paulo , SP
(Foto: Alexandre Castelo Branco/COB)
Filha de um alemão e uma ítalo-brasileira, Nathalie Moellhausen representará o Brasil na Rio 2016 (Foto: Alexandre Castelo Branco/COB)

A atleta italiana Nathalie Moellhausen garantiu uma vaga nos Jogos Olímpicos do Rio na esgrima. De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, a esgrimista de 30 anos competirá, na verdade, pelo Brasil, mesmo tendo participado da competição em 2012, Londres, com a delegação italiana.

Nathalie, que é neta de brasileiros, foi medalhista de bronze na modalidade individual no Mundial de 2010 e ouro por equipes na competição do ano anterior. Em Londres, a atleta não foi escolhida para uma das três chaves individuais e optou por mudar de nacionalidade esportiva.

Neste domingo, a atleta chegou às oitavas de final no Gran Prix de Budapeste, na Hungria, e se manteve na 12ª colocação do ranking mundial, posição que a deixa em situação mais confortável para a classificação. Sem conquistar uma vaga por equipes no feminino, o Brasil ainda estuda usar duas ou três vagas das oito garantidas ao país sede para a modalidade para montar o time.

No masculino, Renzo Agresta também encaminha sua classificação para os Jogos Olímpicos, já que está na 23ª colocação no ranking mundial (os 24 primeiros se classificam) e tem folga para seus concorrentes sul-americanos (os dois melhores se classificam por continente). O Gran Prix de Seul, no próximo fim de semana, fecha as competições masculinas individuais antes das Olimpíadas.

O Brasil também conquistou uma vaga inédita para ter um time completo no florete masculino, podendo inscrever quatro atletas na competição por equipes e três nos individuais. Mais vagas serão disputadas no Pré-Olímpico continental em abril, na Costa Rica, só então o Brasil decidirá como usar suas oito vagas cedidas ao país sede.

Comente