Valentino Rossi comemora distância aumentada, mas mantém cautela

São Paulo, SP

14-09-2015 09:25:35

O circuito de Misano, em San Marino, recebeu lotação máxima para a corrida deste domingo. Mesmo sem a vitória de Valentino Rossi, que era o que todos esperavam, o piloto italiano saiu satisfeito por conseguir somar pontos importantes rumo ao seu oitavo título mundial na MotoGP. O espanhol Marc Márquez, que teve de abandonar a corrida em Silverstone, levou a melhor e terminou no lugar mais alto do pódio seguido por Bradley Smith e Scott Redding.

Mesmo com o quinto lugar alcançado em San Marino, Valentino Rossi se aproximou ainda mais da conquista de mais um título na categoria. Jorge Lorenzo, seu principal rival pelo campeonato, sofreu uma queda nas últimas voltas da corrida e viu o italiano se distanciar na classificação com 247 pontos, 23 a mais que Lorenzo.

“É um grande resultado. Márquez está longe, mas matematicamente ainda tem chances de título. 23 pontos é uma boa vantagem, mas temos que tentar chegar ao pódio a cada corrida. Jorge tem potencial para ganhar todas, Márquez também. Preciso terminar à frente de Jorge”, comentou o heptacampeão mundial.

Já Jorge Lorenzo lamenta a infelicidade de ter que abandonar uma corrida crucial para o campeonato, mas ainda não desistiu do título da MotoGP. O piloto acredita que com menos pressão poderá render mais e que Valentino Rossi deve se preocupar agora para manter a liderança até o final.

“A estratégia, como dizia Luis Aragonés, que era muito sábio, é ganhar e ganhar e ganhar. E quando não se pode, chegar em segundo atrás de Márquez. Esse é o meu objetivo. Não temos perdido a esperança de ganhar este mundial. Agora, com menos pressão, estaremos mais liberados para ser os melhores nos treinamentos e ganhar as corridas”, afirmou o piloto espanhol.

Deixe seu comentário