Gazeta Esportiva

Trulli desiste de correr em própria equipe da Fórmula E

São Paulo, SP

24/08/15 | 15:28

Salvador Duran chega à Trulli substituindo o dono da equipe no cockpit
Salvador Duran chega à Trulli substituindo o dono da equipe no cockpit (Foto: Divulgação)

O italiano Jarno Trulli abdicou da posição de piloto da equipe de Fórmula E que leva seu nome e do qual é proprietário. Ex-piloto da Fórmula 1, ele disputou a temporada inaugural da categoria de monopostos elétricos, mas será substituído no próximo Mundial pelo mexicano Salvador Duran.

O companheiro do piloto da América do Norte na equipe Trulli será o italiano Vitantonio Liuzzi, também com passagem pela Fórmula 1. Na primeira temporada, Duran competiu pela equipe Amlin Aguri e finalizou o Mundial vencido por Nelsinho Piquet na 21ª colocação, com o sexto lugar da prova de Moscou como melhor resultado.

“Estou muito feliz de me juntar à equipe Trulli e muito animado com a nova temporada. Estou esperando que possamos brigar pelas primeiras colocações e mal espero para fazer o meu primeiro teste”, disse Salvador Duran.

A equipe Trulli ainda não conseguiu levar à pista seu carro durante a pré-temporada da Fórmula E porque vem encontrando problemas com seu novo trem de potência, chamado de Motomatica JT-01. A expectativa do time é que o carro possa participar dos próximos testes da categoria em Donington Park, ainda esta semana.

“Salvador é um piloto que estávamos olhando no ano passando e ficamos muito impressionados com sua melhora durante o campeonato. Ficamos felizes que ele confia em nós apesar de dois testes difíceis”, afirmou o chefe da equipe Trulli, Lucio Cavuto.

 

Deixe seu comentário